Lucas Moura marcou seu terceiro gol em quatro partidas como titular de José Mourinho pela Premier League, com uma bonita jogada individual que abriu o placar contra o Wolverhampton. No entanto, a quarta vitória em cinco rodadas do Tottenham sob o comando do português saiu apenas aos 46 minutos do segundo tempo, quando Jan Vertonghen acertou uma cabeçada no canto de Rui Patrício e fechou o placar em 2 a 1.

Aos oito minutos, Son exigiu defesa de Rui Patrício e, na sequência da jogada, Lucas Moura recebeu no outro lado do gramado, passou sem problemas por Jonny Castro e deu mais uma sambadinha dentro da área antes de soltar um forte chute de perna direita entre a trave e o goleiro português.

A defesa que levou gol em todos os jogos com Mourinho menos um cedeu espaços para o Wolverhampton castigar o Tottenham com suas rápidas transições. Jiménez teve a primeira grande chance, com um chute de perna direita da entrada da área que passou perto da trave. O contra-ataque puxado por Moutinho, após erro de Sánchez, parou na defesa.

No começo do segundo tempo, Jiménez obrigou Gazzaniga a fazer boa defesa com um chute cruzado de fora da área. Aos 22 minutos, também de média distância, Adama Traoré acertou um lindo chute no canto do goleiro argentino e empatou a partida.

O Wolverhampton chegou perto de virar o jogo quando Romain Saïss desviou uma cobrança de falta de Moutinho na primeira trave, para outra grande defesa de Gazzaniga, e, aos 46 minutos do segundo tempo, Eriksen cobrou escanteio da direita e Vertonghen, quase na entrada da área, foi muito preciso no seu cabeceio, garantindo a vitória do Tottenham e a primeira derrota do Wolverhampton em dez jogos.

.

.

Classificações Sofascore Resultados

.