EuropaLeste Europeu

Vexame polonês

A segunda fase preliminar da Liga dos Campeões foi tranquila para a maioria das equipes do leste europeu envolvidas, exceto para o Wisla Cracóvia. Na maior surpresa da fase, os poloneses foram eliminados pelo Levadia Tallinn, da Estônia.

Na partida de ida, o cheiro de zebra já pairava no ar, com os estonianos arrancando um empate fora de casa. Na volta, o empate sem gols, que já garantia os estonianos na terceira fase, seguia até que, no minuto final, Vladislav Ivanov anotou o gol da vitória do Levadia.

O desastre pros poloneses foi tão grande que o técnico do Wisla, Maciej Skorza, disse que a derrota foi o “meu Waterloo como treinador”.

O adversário do Levadia será o Debrecen. Os húngaros venceram na partida de ida, em casa, o Kalmar, da Suécia, por 2 a 0, e na partida de volta, na Suécia, um gol de Jozsef Varga, logo aos três minutos, abriu o placar para o Debrecen. O Kalmar até conseguiu a virada para 3 a 1, mas os húngaros se classificaram pelo critério de gols fora de casa.

Já os montenegrinos do Mogren não resistiram à superioridade do Kobenhavn, da Dinamarca, e foram impiedosamente esmagados por 6 a 0 tanto na ida, quanto na volta.

Na Eslovênia, depois de um 0 a 0 na primeira partida, o Maribor fez 3 a 1 no campeão georgiano, o WIT, e garantiu a vaga para enfrentar os suíços do Zürich. David Bunderla, Marcos e Rene Mihelic anotaram os gols dos eslovenos, enquanto Vakhtang Kvaratskelia fez o gol do WIT.

Ns Eslováquia, depois de ter perdido a partida de ida para os bósnios do Zrinjski por 1 a 0, o Slovan Bratislava fez 4 a 0 na partida de volta, garantindo a classificação para enfrentar o Olympiacos, da Grécia, na terceira fase. Juraj Halenár (2), o brasileiro Gaúcho e Jakub Sylvestr anotaram os gols do Slovan.

Vida fácil teve o Levski Sofia. Enfrentando os andorranos do Sant Julià, os búlgaros golearam duas vezes: 4 a 0 na ida, em Sofia, e 5 a 0 na volta, em Andorra. Agora o Levski enfrenta os azeris do Baku na terceira fase.

Na Sérvia, o Partizan conseguiu a maior vitória de sua história numa competição europeia ao vencer o Rhyl, do País de Gales, por 8 a 0. Como já havia vencido por 4 a 0 na ida, o placar agregado ficou em 12 a 0 para os alvinegros sérvios. O brasileiro Cléo anotou três dos gols na partida de volta. Agora o Partizan enfrenta os cipriotas do APOEL na terceira fase.

Em Zagreb, o Dinamo espantou a zebra ao vencer os armênios do Pyunik por 3 a 0, após um empate sem gols no jogo de ida. Marijo Mandzukic, Milan Badelj e Dejan Loveren anotaram os gols dos campeões croatas, que agora enfrentam o Red Bull Salzburg, da Áustria, na próxima fase.

Finalmente, os macedônios do Makedonija não ofereceram grande resistência aos bielorrussos do BATE Borisov, perdendo as duas partidas por 2 a 0.

Na terceira fase, outros clubes da região envolvidos serão o Sparta Praga, que enfrentará os gregos do Panathinaikos; o Slavia Praga, que enfrenta o Sheriff Tiraspol, da Moldova; e os romenos do Timisoara, que pegam os ucranianos do Shakhtar Donetsk.

Liga Europa: maioria dos clubes passa tranquila

A segunda fase preliminar da Liga Europa teve muitos clubes do leste europeu em ação. Confira os confrontos:

Em Skopje, os macedônios do Rabotnicki passaram pelo Crusaders, da Irlanda do Norte, com um empate de 1 a 1 na ida, no campo do adversário, e uma vitória por 4 a 2 em casa. Agora o Rabotnicki enfrenta o Odense, da Dinamarca.

Na Croácia, o Slaven Koprivnica passou pelo Milano, da Macedônia, por 8 a 2, depois de fazer 4 a 0 no jogo de ida. Agora os croatas enfrentam os noruegueses do Tromsø.

Já o Zilina, da Eslováquia, fez 2 a 0 e 1 a 0 no Dacia Chisinau, de Moldova, e agora enfrenta os croatas do Hajduk Split.

O gigante sérvio Estrela Vermelha fez 4 a 0 para cima dos eslovenos do Rudar, e como já havia feito 1 a 0 na ida, garantiu a classificação para enfrentar na terceira fase o Dinamo Tblisi, da Geórgia.

Os montenegrinos do Petrovac conseguiram um grande resultado, eliminando os cipriotas do Anorthosis Famagusta. Depois de uma vitória do Anorthosis no jogo de ida, no Chipre, por 2 a 1, o Petrovac devolveu o placar na volta, em Niksic, Montenegro. E fez mais um na prorrogação, garantindo a vaga. Agora o Petrovac enfrenta os austríacos do Sturm Graz na terceira fase.

Os búlgaros do Cherno More passaram com facilidade pelos moldávios do Iskra-Stali, fazendo 1 a 0 no jogo de ida, em casa, e 3 a 0 fora. Tudo para encarar uma pedreira na próxima fase: os gigantes holandeses do PSV.

Os bósnios do Sarajevo fizeram um duelo duro contra os eslovacos do Spartak Trnava, mas passaram após vencer a primeira partida por 1 a 0 e empatar a segunda por 1 a 1. Agora o Sarajevo enfrenta os suecos do Helsingborg na próxima fase.

Depois de um empate sem gols na ida, os sérvios do Sevojno arrancaram um 1 a 1 na partida de volta contra o Kaunas, na Lituânia, e classificou-se através do gol fora de casa. Agora os sérvios enfrentam os franceses do Lille.

Uma grande surpresa aconteceu em Sarajevo, na Bósnia-Herzegovina. O Slavija, depois de arrancar um empate sem gols na Dinamarca, derrotou o AaB por 3-1 na partida de volta, e garantiu a classificação para a próxima fase, na qual enfrentará o Kosice, da Eslováquia.

Em Varsóvia, o Polonia teve vida tranquila contra o Juvenes/Dogana, de San Marino, e passou com duas vitórias, por 1 a 0 e 4 a 0, respectivamente. Agora os poloneses encaram os holandeses do NAC Breda na próxima fase.

Já os eslovenos do Gorica não passaram pelos finlandeses do Lahti. Apesar de terem vencido na ida por 1 a 0, na Finlândia a equipe de Litmanen fez 2 a 0 e garantiu a classificação.

Os croatas do Rijeka passaram pelo Differdange, de Luxemburgo, após uma surpreendente derrota na primeira partida por 1 a 0. Na volta, em casa, os croatas espantaram a zebra fazendo 3 a 0. Agora o Rijeka encara o Metalist Kharkiv, da Ucrânia.

O Steaua Bucareste encarou o Újpest, da Hungria, e passou fácil com duas vitórias: 2 a 0 em casa e 2 a 1 fora, e agora enfrenta os escoceses do Motherwell.

Os bósnios do Siroki Brijeg não conseguiram passar pelo Sturm Graz, da Áustria, perdendo na primeira partida por 2 a 1 e empatando na volta em 1 a 1.

Os tchecos do Sigma Olomouc passaram pelos islandeses do Fram, empatando em 1 a 1 na primeira partida e vencendo na volta por 2 a 0. Agora o Sigma enfrenta o Aberdeen, da Escócia, na próxima etapa.

Finalmente, o Legia Varsóvia, da Polônia, passou pelo Olimpi, da Geórgia, com duas vitórias (3 a 0 e 1 a 0), e agora encara os dinamarqueses do Brøndby.

Outros clubes da região que entram direto na terceira fase são o Lech Poznan, da Polônia, que encara os noruegueses do Fredrikstad; o Vaslui, da Romênia, que pega os cipriotas do Omonia Nicosia; o Interblock, da Eslovênia, encara o Metalurh Donetsk, da Ucrânia; o Vojvodina, da Sérvia, enfrenta o Austria Viena; o CSKA Sofia encara os irlandeses do Derry City; o Honved, da Hungria, pega o gigante turco Fenerbahçe.

Ainda estão no aguardo para a fase de play-offs, a última antes da fase de grupos, os romenos Cluj e Dinamo Bucareste, o tcheco Teplice e o búlgaro Litex Lovech.

República Tcheca: começa o campeonato 2009-2010

Cinco jogos abrem, neste sábado 25, mais uma edição do campeonato tcheco. O Slavia Praga luta pelo tri, enquanto o rival Sparta briga para ter a hegemonia do futebol local de volta.

Os novatos do campeonato são o Bohemians 1905 e o FC Slovácko, promovidos da segunda divisão nos lugares de Viktoria Zizkov e Tescoma Zlin.

O Slavia tem como reforços o retorno do atacante Stanislav Vicek, que estava no Anderlecht, da Bélgica. Na última temporada no clube belga, Vicek anotou doze gols em 30 partidas. Antes, entre 2004 e 2007, fez 38 gols em 98 partidas pelo próprio Slavia. Outro retorno para o clube é do zagueiro Matej Krajcik, que estava na Reggina, da Itália. Por outro lado, o clube perdeu o atacante Pavel Fort, que retornou de empréstimo ao Toulouse, da França.

No Sparta, as maiores novidades vêm da Rússia. O meia tcheco Lubos Kalouda, do CSKA Moscou, e o atacante russo Aleksandr Prudnikov, do Spartak Moscou, chegam por empréstimo. Além dos dois, o clube trpuxe o zagueiro austríaco Niklas Hoheneder, do LASK Linz, e o também zagueiro Martin Kuncl, do Brno. A perda mais significativa do clube foi a do meia Miroslav Matusovic, que foi para o Apollon Limassol, de Chipre.

Hungria: retorno do Ferencváros marca a temporada

Começou na última sexta, dia 24, com uma goleada de 5 a 1 do Nyíregyháza Spartacus sobre o Vasas, a temporada 2009-2010 do campeonato húngaro. O Debrecen, atual campeão, busca o quinto título em seis anos, mas a maior atração do campeonato é o retorno, após três temporadas na segunda divisão, do tradicional Ferencváros.

O clube trouxe diversos reforços para a atual temporada, incluindo os espanhois Joaquín Martinez e Carlos Alcantara, ambos vindos do Villarreal, e do meia Liban Abdi, vindo do Sheffield United. A curiosidade sobre Abdi é sua nacionalidade: ele nasceu na Somália.

Já o Debrecen perdeu o atacante Igor Bogdanovic para o Nyíregyháza Spartacus, mas manteve nomes como o goleiro montenegrino Vukasin Poleksic e o atacante brasileiro Vinicius Leal.

Outro favorito ao título, o Újpest, perdeu vários jogadores, dentre eles o brasileiro Jucemar, que foi para o futebol turco. Por outro lado, contratou nomes como o meia Norbert Tóth, que estava no Haladás, e o inglês Tony Stokes, emprestado pelo West Ham.

Croácia: campeonato inchado na nova temporada

Com um empate por 1 a 1 do Inter Zapresic contra o Varteks, começou o campeonato croata 2009-2010. A maior novidade para a temporada é o aumento do número de clubes do torneio de 12 para 16. Assim, em vez de três turnos, totalizando 33 rodadas, a Prva HNL terá agora dois turnos, totalizando trinta rodadas.

Não houve rebaixamento na última temporada, e quatro clubes foram promovidos da segunda divisão: Istra 1961, Karlovac, Lokomotiva e Medimurje. O Slavonac, quarto colocado, não pôde ser promovido devido a problemas com seu estádio.

O problema dos estádios levou a federação croata a licenciar alguns campos patra mais de um clube. Um exemplo é o estádio Maksimir, em Zagreb, que será usado pelo Dinamo e pelo Lokomotiva, enquanto o Kantrida, em Rijeka, será usado pelo time local e pelo Istra 1961.

Estádios à parte, e pergunta que todos fazem na Croácia é: quem pode bater o Dinamo Zagreb? O clube está em busca do pentacampeonato, e conta com jogadores de diversas nacionalidades, incluindo três brasileiros: Etto (ex-Atlético-PR), Sammir (ex-São Caetano) e Carlos Santos (revelado pelo São Paulo), além do chileno Pedro Morales (ex-Universidad de Chile). E o destaque maior do time é seu capitão, o zagueiro Igor Biscan. Revelado pelo clube, ele retornou em 2007 após passagens por Liverpool e Panathinaikos.

O maior rival do Dinamo é o Hajduk Split. Sem conquistar o título desde a temporada 2004-2005, os Majstori s mora (Mestres dos Mares) buscaram velhos nomes para o elenco, como o lateral Anthony Seric, que estava no Besiktas, da Turquia, e contrataram em definitivo o meia romeno Florin Cernat, que estava emprestado pelo Dinamo de Kiev. Outro veterano que permanece é o australiano Josip Skoko.

Eslovênia: campeonato já começou

A 1.SNL 2009-2010 começou na semana passada, com o Domzale empatando em 2 a 2 com o Drava. O Maribor é o atual campeão e briga pelo bi. O campeonato começou com o Olimpija Ljubljana perdendo dois pontos na tabela, devido a uma irregularidade na segunda divisão do ano passado.

Bulgária: Levski Sofia anuncia novo treinador

Às vésperas da terceira fase preliminar da Liga dos Campeões, na qual enfrentará os azeris do Baku, o Levski Sofia anunciou Ratko Dostanic como seu novo treinador. O sérvio de 49 anos teve seu último trabalho como técnico no Srem, de sua terra natal.

Como jogador, Dostanic passou por diversos clubes franceses, como Caen, Le Mans e Red Star 93, tendo encerrado a carreira em 1996. Já como treinador, teve passagens pelo Estrela Vermelha, Slavia Sofia e Dalian Shide (China).

Outra mudança no clube foi a saída do diretor esportivo Daniel Borimirov, que dá lugar ao atacante Georgi Ivanov, que acumula a função com a de jogador enquanto se recupera de uma grave contusão no joelho.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo