Itália

Torcida da Roma é proibida de ir a jogo em Catania

O Observatório Nacional sobre as Manifestações Esportivas, subordinado ao Ministério do Interior da Itália, manteve nesta terça-feira a punição imposta aos torcedores da Roma. Eles estão proibidos de acompanhar a decisiva partida na Sicília contra o Catania, no domingo, na última rodada da Série A.

O órgão justificou sua decisão por ‘motivos de ordem pública’, mas causou polêmica. Os giallorossi disputam o título nacional com a líder Internazionale, que visita o Parma – e contará com o apoio de seus torcedores fora de casa.

“A torcida da Roma deveria acompanhar a partida em Catania. Este é o futebol que queremos. Não aceitamos disparidade. Uma decisão desse tipo provoca uma ruptura, e não quero romper com o Observatório. Não coloco em dúvida as dificuldades de ordem pública, mas as forças públicas têm os meios para se fazer respeitar”, afirmou Antonio Matarrese, presidente da Lega Calcio.

Felice Ferlizzi, presidente do Observatório, comentou sobre a decisão do órgão. “No momento, os torcedores da Roma não terão a possibilidade de acompanhar sua equipe em Catania. No que se refere ao jogo entre Parma e Internazionale, nada justifica o veto à presença dos torcedores nerazzurri”, disse.

Giovanni Finazzo, prefeito de Catania, alertou sobre a possibilidade de conflitos. “Esportivamente falando, é algo ruim, mas há possibilidades reais de brigas.”
 

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo