Itália

TAS suspende temporariamente sentença de dupla italiana

Os jogadores italianos Daniele Mannini e Davide Possanzini tiveram suas sentenças adiadas para que o caso seja reexaminado, declarou o Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) na quarta-feira.

O TAS suspendeu a dupla por um ano em janeiro após terem sido considerados culpados pelo atraso em exame antidoping quando atuavam pelo Brescia, da Serie B italiana, em 2007.

Inicialmente, o Comitê Olímpico Italiano (CONI) havia suspenso os dois jogadores por apenas 15 dias, mas a Agência Mundial Antidoping (WADA) entrou com um recurso no TAS pedindo uma sentença mais dura.

A pesada punição causou revolta na Itália e a federação nacional de futebol recorreu ao TAS para que reconsiderasse o caso, já que nenhum dos jogadores testou positivo para uso de substâncias proibidas.

“O TAS decidiu suspender temporariamente a punição imposta aos dois jogadores, deixando em aberto a resolução final”, dizia um comunicado. “Novas evidências foram apresentadas ao TAS, que convocou a arbitragem responsável pelo caso”

“O grupo irá decidir se as novas evidências devem ser consideradas, e, se forem, se terão influência na sentença final”, concluiu.

Mannini, agora no clube da Serie A Napoli, e Possanzini, ainda no Brescia, foram convocados para uma reunião no vestiário após a terceira derrota consecutiva da equipe, o que causou seu atraso para o exame.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo