Itália

Sonetti sai e Giampaolo se nega a voltar

O treinador do Cagliari, Nedo Sonetti, pediu demissão do cargo depois de um mês à frente do clube da Sardenha. Até aí, nenhuma novidade, haja visto que o Cagliari demite treinadores como o lendário Beto Zini fazia no Guarani. O realmente curioso é que o Cagliari chamou para seu lugar Marco Giampaolo, demitido em 13 de novembro – e ele se recusou a voltar.

Na temporada passada, Giampaolo também tinha sido demitido e recontratado pelo clube, dando lugar a Franco Colomba por poucas semanas. Em teoria, ele seria obrigado a aceitar o novo retorno, já que ainda está sob contrato. Desta vez, no entanto, ele não está disposto a repetir a história, e já chamou o advogado Piero Olla para tratar o caso. “Orgulho e dignidade não têm preço”, disse.

Apesar de o pedido de demissão ter vindo de Sonetti, não é difícil interpretar o gesto como um sintoma da infinita intervenção do presidente Massimo Cellino no dia-a-dia do futebol do clube. Sonetti se negou a dar maiores detalhes sobre o episódio, que acontece dias depois do Cagliari ter perdido um jogo para a Inter, líder da Série A.

O clima no elenco cagliaritano é dos piores. Além da demissão de Giampaolo (que conta com a simpatia da maioria do elenco) e de amargar a lanterna absoluta na Série A, o clube tem tido episódios curiosos como uma briga entre os meio-campistas Foggia e Marchini que teve um desenrolar peculiar: amigos de Foggia juntaram-se num bar e deram uma sova em Marchini. O último acabou sendo desligado do clube.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo