Serie A

Num jogo aberto, a Inter até buscou o empate contra a Fiorentina, mas tropeçou de novo pela Serie A

A partida no San Siro foi bastante equilibrada e os dois times tiveram suas chances de vencer, mas o resultado é mais custoso à Inter

A Internazionale teve um respiro na rodada passada da Serie A, ao golear a Salernitana. Porém, a série de tropeços dos nerazzurri foi retomada neste sábado, dentro do San Siro. O duelo contra a Fiorentina se prometia mesmo difícil e os dois times buscaram o resultado, com boas chances ao longo da noite. Só que os interistas tiveram mais trabalho, ao saírem atrás no placar e buscarem o prejuízo. A virada não aconteceu, com o empate por 1 a 1 custando um pouco mais no sonho pelo Scudetto. O time de Simone Inzaghi permanece estacionado na terceira posição, e facilitando aos concorrentes.

A Fiorentina causou problemas durante os 15 minutos iniciais. Num jogo aberto, a Viola testou Samir Handanovic duas vezes, em chutes de longe de Nico González e Riccardo Saponara. A Inter levou um tempo até engrenar e se impor no campo de ataque. Buscava seus atacantes na área, mas tinha pouca efetividade. A melhora dos nerazzurri aconteceu depois dos 30, quando Arturo Vidal e Edin Dzeko tiveram boas chances, sem passar pelo goleiro Pietro Terracciano. Já aos 40, quando Lautaro mandou para as redes após cruzamento de Denzel Dumfries, o tento foi anulado por impedimento. A Fiorentina tinha perdido ritmo no jogo, mas voltou ao ataque depois disso, numa sequência de chutes bloqueados. O placar seguiria zerado rumo ao intervalo.

O segundo tempo começou com mais emoção. A Inter foi para cima e logo criou uma ótima chance. Terracciano defendeu o arremate de Vidal e, na sobra, Nicolò Barella isolou. E o erro custou caro, já que a Fiorentina abriu o placar com cinco minutos. Acionado pela direita, Nico González brigou pela bola até dar o passe para o meio da área. Lucas Torreira conseguiu encontrar uma fresta e encheu o pé para anotar o gol. Os nerazzurri, pelo menos, tiveram boa atitude e empataram aos 10. Num cruzamento de Ivan Perisic, Dumfries saltou sozinho no segundo pau para definir de cabeça.

O jogo ficou elétrico nesse momento, com os dois times de peito aberto, em busca do ataque. Terracciano voltou a fazer boa defesa contra Perisic. Já aos 20, um pênalti inicialmente marcado sobre Lautaro foi revertido após revisão. Num momento em que a intensidade começou a se reduzir, a Inter contou com as entradas de Alexis Sánchez e Joaquín Correa, enquanto Jonathan Ikoné apareceu na Viola. Robin Gosens e Federico Dimarco seriam outras novidades interistas na sequência. Só que as mudanças não fizeram efeito e as equipes perderam fôlego. Só no apagar das luzes as emoções seriam retomadas. O melhor lance dos milaneses veio aos 44, num lindo avanço de Correa, mas o tiro de Alexis foi bloqueado no meio do caminho. Por fim, nos acréscimos, Handanovic impediu a derrota ao salvar um contragolpe no mano a mano com Ikoné dentro da área.

A Inter fica com 60 pontos, na terceira colocação da Serie A. Permite que o Napoli se desgarre, pode ficar ainda mais longe do Milan e também dá brecha para a Juventus encostar. Os nerazzurri só venceram um de seus últimos sete jogos pela Serie A, o que cobra seu preço. Já a Fiorentina ocupa a oitava posição, com 47 pontos, ainda no bolo que briga por vaga na Conference e na Liga Europa.

Standings provided by SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo