BundesligaCampeonato BrasileiroMundoPremier LeagueSerie A

Despedida de Klopp da Muralha Amarela é destaque em rodada de definições de vagas europeias

Com todas as principais ligas europeias definidas, restam poucas taças a ser entregues no Velho Continente. Uma delas, no entanto, é bastante especial, sobretudo pelas circunstâncias dos momentos finais de sua disputa. O título do Campeonato Turco está bem próximo do Galatasaray, mas o clássico contra o Besiktas, na penúltima rodada, pode complicar a situação do time de Felipe Melo e companhia. Mais a oeste, Alemanha, Inglaterra e Itália vivem suas últimas rodadas e definem vagas a competições europeias. Na Premier League, vale só o lugar para a próxima Liga Europa. Mesmo caso da Alemanha, embora a despedida de Klopp do Signal Iduna Park seja um ingrediente especial de um dos jogos que definirá isso. A Itália, no entanto, pode ver a briga por uma vaga na Champions League se acirrar..

Confira a programação de TV para este final de semana

O Brasileirão ainda vive suas rodadas iniciais, com alguns dos times mais focados na Libertadores, mas isso não significa que não possa ter coisa boa neste final de semana. Diego Souza, por exemplo, artilheiro do torneio, tenta levar o Sport a mais um resultado positivo, possivelmente com a tomada da liderança, enquanto o Atlético Mineiro tenta repetir o bom desempenho dos últimos jogos em visita a seu homônimo do Paraná. Por falar em brasileiro, precisamos dar uma esticadinha no período que este roteiro abrange apenas para incluir Ronaldinho Gaúcho nele. Sério, você precisa ficar de olho no craque. Sem mais delongas, vamos aos destaques deste final de semana estendido.

O jogão

Galatasaray x Besiktas
Domingo, 13h55 (ESPN)

Sneijder-Felipe-Melo

Líder do Campeonato Turco com três pontos de vantagem para o Fenerbahçe, o Galatasaray pode ser campeão com um jogo de antecedência. A missão será difícil, afinal, como adversário nesta penúltima rodada terá o rival Besiktas, terceiro colocado e que se retirou matematicamente da briga pela taça apenas na rodada passada. Como rival também do Fenerbahçe, o Besiktas poderia não ter nenhuma motivação em influenciar a disputa pelo título, mas a forma como o Galatasaray conseguiu sua última vitória na competição tornou o Fener um possível campeão menos amargo para os alvinegros. O Gala bateu o Gençlerbirligi por 1 a 0, com gol de Sneijder, em lance suspeito do goleiro Ferhat Kaplan. A forma como o arqueiro tira o braço do lance causou revolta nos torcedores de Fenerbahçe e Besiktas, que viram ali uma ação deliberada para beneficiar o Galatasaray.

A maneira suspeita como o resultado do Galatasaray se desenhou deve ter causado mais revolta à torcida do Besiktas, já que, caso o time de Felipe Melo tivesse empatado, ainda haveria chances de título para o Besiktas. Desta forma, e calcado também na boa campanha do Besiktas, o desafio deverá ser grande para o Gala. No entanto, caso a vitória seja alcançada e o Fenerbahçe perca seu jogo, na segunda-feira, contra o İstanbul Başakşehir, Sneijder e companhia poderão soltar o grito de campeão.

O clássico

Lazio x Roma
Segunda, 13h (ESPN Brasil)

Mesmo se estivessem no meio da tabela, sem chances de classificação a competições europeias ou sob risco de rebaixamento, Lazio e Roma já seriam fortíssimas candidatas a protagonizar o jogo da rodada. A rivalidade é um campeonato por si só. A boa arrancada dos Laziale – combinada com a queda da Roma apenas exacerbou a rivalidade nesta temporada, e as duas equipes se enfrentam em jogo importante para ajudar a definir quem termina à frente de quem ao final da Serie A.

O jogo não é exatamente no final de semana, é verdade. Ficou para a segunda-feira, isolado do restante da penúltima rodada. Mesmo assim, merecia seu destaque em nosso roteiro. Com 67 pontos, a Roma é a segunda colocada da competição, seguida muito de perto pela Lazio, na terceira colocação, com 66 pontos. O fato de a Juventus estar em um patamar bastante acima do restante dos italianos aumenta ainda mais a importância de se terminar com o vice-campeonato, e esse é um dos ingredientes extras deste dérbi. Além disso, o Napoli, na quarta posição, com 63 pontos, ameaça a dupla de Roma. Um duplo tropeço nas rodadas finais para um dos times poderia significar a ida dos Partenopei à Champions League.

Fique de olho

Borussia Dortmund x Werder Bremen
Sábado, 10h25 (ESPN Brasil)

O último jogo de Jürgen Klopp no Signal Iduna Park, sua despedida da Muralha Amarela. Isso já seria motivo suficiente para tornar especial o duelo entre Borussia Dortmund e Werder Bremen especial. No entanto, o encontro é também vital para determinar o futuro próximo dos aurinegros. Depois de meses de apuros e de muitas rodadas na zona de rebaixamento, o Dortmund iniciou uma boa arrancada na segunda metade da temporada, que ainda pode ser coroada com uma vaga à próxima Liga Europa.

Na sétima colocação, com 43 pontos, o Borussia Dortmund pode, nesta rodada final, tomar o lugar do Augsburg na competição europeia. Isso porque o concorrente pelo sexto lugar, que hoje ocupa, com 46 pontos, terá pela frente o Borussia Mönchengladbach, fora de casa. O Gladbach, por sua vez, briga pelo vice-campeonato neste final de semana. Se vencer e contar com derrota do Wolfsburg, salta para a segunda colocação, terminando atrás apenas do Bayern de Munique na Bundesliga, o que hoje, por mais anticlímax, é o máximo que um clube da elite do país pode aspirar no torneio nacional. Ou seja, em casa, fazendo seu dever, é bastante possível que o Dortmund chegue à Liga Europa. Seria, certamente, um belo presente de despedida para Klopp no Signal Iduna Park e uma boa maneira de se preparar para a decisão da Copa da Alemanha, no dia 30, contra o Wolfsburg.

Everton x Tottenham
Domingo, 13h (Fox Sports 2)

Tanto Everton quanto Tottenham iniciaram a temporada com projeções que, ao fim da campanha, não foram plenamente alcançadas, cada um à sua maneira. Enquanto os Toffees demoraram demais para começar a convencer na Premier League, os Spurs não viu a maioria dos seus jogadores talentosos cumprir as expectativas individuais que tinham sobre eles. Para a sorte do time londrino, um garoto chamado Harry Kane decidiu tomar os holofotes para si, terminou como a grande revelação da campanha 2014/15 e, com seus gols, trouxe o time à última rodada com uma chance de ainda garantir vaga na próxima Liga Europa.

Dos últimos 11 jogos no Goodison Park, o Everton perdeu apenas um, emplacando aí uma sequência de quatro vitórias consecutivas, a última delas naquele 3 a 0 fantástico sobre o Manchester United. O desempenho nas últimas rodadas não tem sido exatamente espetacular, mas pelo menos um pouco mais próximo do que o torcedor esperava desde o início do campeonato. A contratação definitiva de Lukaku, maior da história do clube de Liverpool, e a manutenção da base do time eram as indicações de que as apostas eram altas para uma boa campanha em 2014/15. Tudo foi por água abaixo com o começo frustrante, mas os cacos já começaram a ser recolhidos, prontos para serem recolocados em seu lugar. Fechar a campanha com uma boa vitória sobre os Spurs pode ser uma das maneiras de se acreditar em sorte maior para a próxima temporada.

Atlético Paranaense x Atlético Mineiro
Domingo, 16h (Globo Minas e Premiere)

Lucas Pratto, destaque do Galo (Divulgação/Flickr)
Lucas Pratto, destaque do Galo (Divulgação/Flickr)

Se havia qualquer preocupação em relação a como o Atlético Mineiro absorveria o baque da eliminação da Libertadores, ela foi dissipada com a goleada sobre o Fluminense na rodada do último final de semana. O futebol apresentado pelo Galo contra o Inter já havia sido bom, apenas não o suficiente para passar por um time repleto de grandes jogadores e que vai encontrando cada vez mais seu melhor futebol. O 4 a 1 contra o Tricolor, no domingo, foi uma boa maneira de os atletas provarem que o Atlético está, sim, pronto para focar no Brasileirão e brigar por seu título.

No jogo realizado em Brasília, o Atlético mostrou a intensidade de seus melhores dias em 2014. O primeiro tempo, que terminou em 2 a 0, poderia perfeitamente ter sido uma goleada, confirmada depois com um segundo tempo também muito incisivo do Galo. Outra boa notícia para o torcedor atleticano foi a boa atuação de Dátolo, que não vinha em fase tão boa e, contra o Flu, lembrou o cara que foi um dos destaques do time no ano passado. Para tentar manter a reação à eliminação, o Atlético Mineiro terá pela frente o Furacão, em Curitiba. Apesar da derrota na última rodada para o Goiás, a equipe que bateu o time reserva do Inter por 3 a 0 na abertura do Brasileiro deverá oferecer uma boa resistência aos comandados de Levir Culpi.

Vale uma zapeada

Juventus x Napoli
Sábado, 12h55 (Fox Sports)

Para a Juventus, o duelo não vale nada, no máximo como preparação psicológica para a final da Champions League, dentro de duas semanas. Ainda assim, é difícil dispensar um Juventus e Napoli, e os Partenopei ainda têm pretensões importantes na Serie A. A duas rodadas do fim, como falamos no tópico de Lazio e Roma, a equipe tem três pontos a menos que a terceira colocada Lazio. A chance de o time napolitano chegar à Champions League, portanto, é muito real, e com os rivais da capital se enfrentando nesta penúltima rodada essa possibilidade é ainda maior.

A Juve deverá estar com seu time reserva, como foi contra a Internazionale, na rodada passada. Isso poderia significar vida fácil para o Napoli, mas a vitória dos Bianconeri por 2 a 1, em pleno Giuseppe Meazza, mostrou que o conjunto do time de Turim é forte, independentemente de quem entre em campo. Como têm muito mais pelo que lutar, no entanto, os Partenopei são os grandes favoritos para o duelo no Juventus Stadium. Se Mertens, por exemplo, repetir a atuação da última rodada, contra o Cesena, de dois gols e uma assistência, já é meio caminho andado.

O reencontro

Manchester City x Southampton
Domingo, 11h

O Southampton entrou para a 13ª rodada da Premier League na terceira colocação. Enfrentaria o segundo colocado Manchester City, que tinha apenas um ponto a mais. Uma vitória simples no St. Mary’s Stadium seria suficiente para dar sequência ao início surpreendente do time no campeonato. A derrota por 3 a 0, no entanto, foi apenas o início de uma sequência ingrata. Nas seis rodadas seguintes, enfrentou, entre outras equipes, Arsenal, Manchester United e Chelsea, perdendo para os dois primeiros e empatando com o último. Desde a determinação das rodadas, os Saints sabiam que esse período seria difícil. E foi justamente ele que matou aquele ímpeto inicial do time.

Seis meses depois, o Southampton reencontra o Manchester City. O saldo da temporada dos Saints foi muito bom, e, com 60 pontos, a equipe pdoe até mesmo conseguir uma vaga na Liga Europa contanto que Liverpool e Tottenham tropecem contra Stoke e Everton, respectivamente. O combustível final para essa “decisão” veio na rodada passada, quando o Southampton atropelou o Aston Villa, finalista da Copa da Inglaterra, por 6 a 1. Já com o segundo lugar garantido, o City não deve ter um grande motivador para o jogo, além do fato de querer se despedir bem da temporada. A promessa, no entanto, é de um bom jogo. Pelo menos um dos lados precisa dele.

O cara

Diego Souza
Sport x Coritiba
Domingo, 18h30 (RPC e Premiere)

Diego Souza lidera artilharia com três gols (Divulgação)
Diego Souza lidera artilharia com três gols (Divulgação)

Diego Souza foi um dos grandes personagens da última rodada do Campeonato Brasileiro. Fez gol, foi para o gol, sofreu gol e ainda coroou sua participação no empate em 2 a 2 com o Flamengo, no Maracanã, com provocação por causa da polêmica do Brasileirão de 1987. Artilheiro da competição com três gols em duas rodadas, o jogador é uma das armas com que o Sport conta para superar o Coritiba e, com alguma sorte, terminar a terceira rodada na liderança do campeonato.

Alvo de uma virose que começa a tomar conta de alguns jogadores do Sport, Diego Souza foi desfalque do Leão na vitória por 2 a 1 sobre o Santos, pela Copa do Brasil, nesta quarta-feira, e não treinou nesta quinta. Mesmo assim, ainda não se discute sua disponibilidade para o duelo contra o Coxa. Se estiver em campo, pode ser o diferencial para o time na Ilha do Retiro.

O brasileiro

Ronaldinho Gaúcho
Pachuca x Querétaro
Quinta, 22h (Fox Sports 2)

Depois de meses de pouco futebol e muitas críticas pelo estilo de vida que levava no México, Ronaldinho Gaúcho voltou a estar em evidência por seu futebol. Nas últimas semanas, tem sido o protagonista do Querétaro, que agora, na semifinal da Liga MX, terá pela frente o Pachuca. Por algum tempo, a contratação do brasileiro parecia fadada a ser um fracasso esportivo. Se os Gallos conseguirem o título do Mexicano, com tamanho crescimento do craque nos jogos derradeiros, o investimento pesado se justifica, e o clima para a sequência do trabalho do brasileiro fica muito mais leve.

Destacamos aqui de forma antecipada o jogo de ida desta quinta por sua transmissão na televisão brasileira, mas vale a pena ficar de olho na partida de volta. Acontece logo no domingo, com o Querétaro como mandante, às 23h. Infelizmente só será possível acompanhar por streaming, mas pelas coisas que Ronaldinho tem feito ultimamente, lhe rendendo até aplausos de torcedores rivais, o esforço tem potencial de se recompensado.

Passe longe

Milan x Torino
Domingo, 15h35 (ESPN Brasil)

Assistir ao Milan nesta temporada não foi uma experiência muito boa para os olhos. O futebol horrível apresentado está muito bem representado pela 11ª colocação do time agora – que pode ser ainda pior ao fim do campeonato, já que apenas cinco pontos o separam do 16º Empoli. Começam a surgir especulações de que Carlo Ancelotti pode voltar ao San Siro na próxima temporada. Se tem alguém com capacidade de arrumar a bagunçada casa rossonera, essa pessoa é Ancelotti. Até lá, no entanto, não vale a pena gastar seu tempo esperando um bom futebol do Milan. Ele não chegou em toda a temporada e não virá em seu final. Não nesta partida contra o Torino, não na última rodada, contra a Atalanta. Fica com a rodada do Brasileirão, mesmo, que é quase no mesmo horário.

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo