Serie A

Com Giroud novamente decisivo, Milan consegue uma vitória enorme sobre o Napoli

O atacante francês fez o único gol da vitória que leva o Milan temporariamente à liderança do Campeonato Italiano

Herói do clássico contra a Internazionale, Olivier Giroud marcou seu primeiro gol com a camisa do Milan fora de San Siro – e que gol que foi. O único da vitória por 1 a 0 sobre o Napoli no confronto direto pela ponta da tabela no Estádio Diego Maradona que leva o clube rossonero à liderança do Campeonato Italiano, embora com uma partida a mais do que a Internazionale.

O resultado tem importância paralela também porque iguala o confronto direto com o Napoli, que havia vencido por 1 a 0 em Milão, no primeiro critério de desempate da Serie A. Agora, se os dois ficarem novamente empatados em pontos, como estão fazendo quase todas as rodadas desde o começo da temporada, a diferenciação será no saldo de gols – atualmente em 29 x 25 a favor do Napoli.

Stanislav Lobotka fez seu primeiro jogo como titular no Campeonato Italiano em quase um mês, ao lado de Fabián Ruiz no meio-campo, com Matteo Politano, Piotr Zielinski e Lorenzo Insigne atrás de Victor Osimhen. Como Stefano Pioli havia antecipado, Zlatan Ibrahimovic ficou no banco de reservas. O Milan foi escalado com um trio de meio-campo – Sandro Tonalli, Ismael Bennacer e Franck Kesié -, com Júnior Messias, Rafael Leão e Olivier Giroud no ataque.

O primeiro tempo foi decepcionante. O Milan conseguiu anular bem o Napoli, que teve apenas três finalizações, nenhuma no alvo, durante os primeiros 45 minutos. Um dos lances mais agudos foi uma chegada de Giovanni di Lorenzo pela direita, buscando o cruzamento para Osimhen no meio da área, mas Maignan conseguiu interceptar. O Milan também não criou muito mais, mas teve a melhor chance, com uma cabeçada de Júnior Messias na primeira trave, em escanteio de Tonali, bem defendida por Ospina.

O único gol da partida saiu logo no começo da etapa final. Osimhen afastou mal uma falta cobrada da direita, Kessié mandou na marcação e o rebote sobrou para Calabria bater rasteiro pela direita. No meio do caminho, Giroud conseguiu o desvio para vencer Ospina. Pouco depois, estava prestes a deixar o companheiro na cara do gol com um toque de calcanhar, mas pegou na perna da marcação, tropeçou e caiu machucado. Precisou ser substituído por Ante Rebic.

O gol abriu o jogo, que ficou lá e cá por algum tempo antes de se assentar em uma dinâmica de ataque contra defesa. O ataque, porém, não foi muito eficiente. O Napoli dominou a posse de bola, tentou chutes de fora da área e cruzamentos, mas pouco ameaçou Maignan. Enquanto isso, o Milan seguiu sendo perigoso. Quase ampliou com Theo Hernández em contra-ataque pela esquerda. Ospina fez uma boa defesa.

Ibrahimovic saiu do banco para fazer seu primeiro jogo desde meados de janeiro. Não teve tempo para muita coisa, mas deu uma boa bola para Theo Hernández em contra-ataque pela esquerda. O lateral cruzou para Saelemakers, completamente livre de frente para Ospina, que conseguiu o desvio com a ponta dos dedos. O Milan matou o minuto final segurando a bola na bandeirinha de escanteio e assegurou uma vitória enorme.

.

.

Standings provided by SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo