ItáliaSerie A

Cara de decisão

O clássico entre Milan e Internazionale é no dia 15, mas já começou no fim de semana. Os dois times venceram e continuam em viés e alta na tabela, deixando o confronto ainda mais esperado. Sem contar a disputa fora de campo pela contratação de Carlos Tevez.

Os personagens do Derby Della Madonnina já tiveram que responder sobre os adversários do fim de semana. Um deles foi o técnico do Milan, Massimiliano Allegri. E o técnico tratou de dizer que a Inter está na briga pelo título. Gattuso, que voltou ao time após longos problemas físicos, também elogiou a Inter e disse que o Milan não é favorito. Para ele, é um jogo triplo, que qualquer resultado pode acontecer. E ainda disse que Ranieri é uma raposa velha e que é preciso ter cuidado com ele, pela sua experiência no futebol. Todas declarações de muito respeito ao adversário.

Até Ronaldo fenômeno foi perguntado sobre o clássico. Com passagem marcante pela Inter e depois uma passagem rápida pelo Milan, o jogador comentou que acompanha o futebol italiano, onde aprendeu muito, e que esse é o jogo mais emocionante e esperado do ano para os torcedores. O fenômeno – apelido que ganhou na Itália, quando defendia os nerazzurri – acha que a Inter vem bem no campeonato e que o Milan mantém o bom nível do ano passado, por isso pode ser o jogo mais esperado do ano. Ronaldo ainda acredita que a ida à Milão fará bem a Tevez, seja para o Milan ou para a Inter e que fará muitos gols. É mesmo se se esperar. O estilo do argentino pode combinar muito bem no futebol do país.

Se o Milan é o favorito pelo que fez na temporada passada e por ser o líder na atual, a Inter embala cinco vitórias consecutivas, depois de um início muito ruim, ficando na metade de baixo da tabela, chegando a beirar a zona do rebaixamento no primeiro quarto da temporada.  Só que o desempenho do time melhorou, com a melhora no rendimento de jogadores que vinham mal, como Diego Milito, nome do jogo contra o Parma no fim de semana.

A nova Inter parece forte o suficiente para brigar no topo e o jogo contra o Milan, embora não seja definitivo, pode ser fundamental para as pretensões do time, tanto em termos de pontuação na tabela quanto em termos psicológicos que uma vitória em clássico traz.

Só que vencer o Milan não será uma tarefa fácil. Os rossoneri conseguem manter a regularidade, algo que marcou a campanha do time na temporada passada. São 17 jogos, 11 vitórias, quatro empates e apenas duas derrotas. Zlatan Ibrahimovic é destaque novamente, com 12 gols marcados, empatado na artilharia da Serie A com Antonio Di Natale e Germán Denis.

Além dele, o Milan tem opções para o ataque. Se Ibrahimovic é destaque, ao seu lado os coadjuvantes Robinho e Pato têm feito bem o trabalho. As contratações de Antonio Nocerino e Alberto Aquilani se mostraram excelentes, com ambos tornando-se titulares. Sem contar com a segurança de Thiago Silva e Alessandro Nesta na defesa. O time é consistente e tem opções no banco, o que faz diferença.

O desempenho recente do Milan também é bom. Se a rival tem cinco vitórias consecutivas, o Milan tem três, e esta há 12 jogos sem perder, contra cinco da Inter – que antes da série de vitórias, perdeu para a Udinese em casa. No Derby della Madonnina, o Milan levou vantagem na temporada passada ao vencer os dois jogos. O segundo tinha uma circunstância parecida com a atual. O Milan liderava, mas via a Inter crescer no campeonato e já se falava na ameaça nerazzurra. A vitória incontestável por 3 a 0 mostrou que apesar da ascensão, a Inter ainda não tinha a força suficiente para brigar de fato pelo título, que ficou com os rossoneri.

O clássico tem 163 jogos até aqui, com 54 vitórias do Milan, 52 empates e 57 vitórias da Inter. Nos três últimos jogos, o Milan levou a melhor – final da Supercopa e nos dois jogos da Serie A na temporada passada. A última vitória da Inter foi em 24 de janeiro de 2010, há quase dois anos, quando fez 2 a 0, gols de Diego Milito e Pandev.

O Milan entra como favorito pela consistência e por ter Ibrahimovic, especialmente, jogador que costuma decidir – ao menos na Itália. O que pode mudar isso é a motivação da Inter pelo clássico somada à boa fase dos nerazzurri, que voltaram a apresentar um futebol condizente com o que se espera do elenco que tem. Seja como for, é um jogo imperdível no domingo. Decisivo. E é bom lembrar: é só o primeiro turno. Se os dois times continuarem com o desempenho recente, poderão fazer uma espécie de final na penúltima rodada da Serie A. Será de arrepiar!

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo