Itália

“Sem aperto de mãos com Mazzarri”, diz Conte

O clima entre os treinadores de Napoli e Juventus na tarde de ontem não era dos mais amistosos. Envolvidos numa grande rivalidade, Antonio Conte e Walter Mazzarri nem sequer trocaram um aperto de mão após o duelo entre as duas equipes, pela Serie A.

De acordo com Conte, a rusga começou com uma pressão de Mazzarri sobre a comissão de arbitragem, pela escolha de Daniele Orsato para conduzir o duelo: “Nem trocamos apertos de mão ou olhamos um no olho do outro. É melhor assim. Se tive alguma desavença com ele? Não! Nunca conversei com ele, nunca, nunca, nunca”, revela.

“Critiquei os árbitros e paguei por isso. Quando erro, admito e tento consertar. Sempre me responsabilizo por essas declarações. Outros parecem estar mais confortáveis em falar tudo que pensam e colocar isso no colo de terceiros, se isentando de culpa. Braschi [Stefano, responsável pela escolha dos homens do apito] foi colocado em uma situação de intensa pressão para esse jogo. Certo jornal fez uma campanha clara contra Nicola Rizzolli nesta semana. Não estou inventando nada. Se Braschi tiver de sempre ser contestado por suas decisões, não iremos a lugar algum. Ele precisa ter paz no seu trabalho”, finaliza Conte.

 

 

Mostrar mais

Felipe Portes

Felipe Portes é zagueiro ocasional, cruyffista irremediável e desenhista em Instagram.com/draw.portes

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo