Itália

Mourinho: “Só espero que Adriano seja feliz”

O técnico José Mourinho disse nesta sexta-feira que espera ver Adriano feliz, mesmo que isso signifique deixar a Internazionale e parar de jogar futebol. As declarações do português chegam um dia depois de o atacante brasileiro afirmar em entrevista coletiva que pretende se afastar temporariamente dos gramados.

“A Inter fez tudo para ajudar Adriano, e eu, como técnico e como ser humano, tenho feito o mesmo, assim como o presidente e seus companheiros de time”, comentou Mourinho. “Vamos ver. O importante é ele estar feliz. Se ele está feliz assim, se você perde o jogador mas o homem está feliz, perfeito”.

“No momento, não quero falar mais porque ainda não conversei com ele. Duas pessoas com uma relação positiva certamente terão uma chance de conversar e entender os reais motivos de suas palavras”, argumentou o treinador.

Adriano permaneceu no Brasil após os compromissos com a Seleção Brasileira pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, faltando à reapresentação prevista na Itália para a última sexta-feir. Seu paradeiro chegou a ser dado como desconhecido, até o empresário Gilmar Rinaldi admitir que ele esteve na favela da Vila Cruzeiro, onde cresceu.

Problemas com alcoolismo e dificuldades para manter a forma têm afetado Adriano desde a Copa do Mundo de 2006. A Inter chegou até a emprestá-lo ao São Paulo no primeiro semestre de 2008, na esperança de que ele recuperasse a antiga forma, mas não teve sucesso.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo