Itália

Duelo de atacantes é atração no dérbi de Gênova

Sampdoria e Genoa colocam em campo uma das mais tradicionais rivalidades do futebol italiano neste domingo, no dérbi que fecha a 15ª rodada da Série A. Os dois times contam com atacantes em boa fase – Antonio Cassano, pela Samp, e Diego Milito, pelo Genoa – e buscam retornar a seus melhores dias no cenário nacional.

O Genoa é o mais antigo clube de futebol da Itália e conquistou seis dos sete primeiros campeonatos, entre 1898 e 1904. Os 'grifoni' têm um total de nove títulos, mas o último deles foi em 1924. Nos últimos tempos, andou pela segunda divisão – e até pela terceira, após um escândalo de compra de resultados – mas conseguiu retornar à elite e atualmente faz boa campanha, ocupando a sétima posição na tabela com 22 pontos.

A Samp foi fundada depois do auge do Genoa – surgiu em 1946 da fusão de dois clubes, Andrea Doria e Sampierdarenese. O ponto alto da história do clube foi a conquista do título italiano de 1991, seguido pela final da Liga dos Campeões no ano seguinte. A exemplo do rival, a Samp também passou pela Série B desde então, mas tem se recuperado desde que voltou à Série A. Prova disso foi a classificação para a Copa Uefa, na última temporada.

Os 'blucerchiati' alcançaram o sexto lugar contando com as boas atuações de Cassano, que conseguiu até cavar um lugar de última hora na seleção italiana que disputou a Eurocopa. Cassano, de 26 anos, tem mantido um bom desempenho na atual temporada, mas não tem sido suficiente para dar uma posição melhor à Samp, que aparece em 15º lugar, com 16 pontos e uma partida a menos.

No Genoa, Milito foi recebido como herói, retornando ao clube que havia defendido na Série B na temporada 2004/5. Com 11 gols, ele é o atual artilheiro da Série A, comandando um time que buscou outros bons reforços para a temporada, como o volante brasileiro Thiago Motta, ex-Barcelona e Atlético de Madrid. Motta deve ser o responsável por acompanhar Cassano de perto em campo.

Inter quer manter fuga

A Internazionale abriu seis pontos de vantagem no último fim de semana, após vencer o Napoli por 2 a 1 e ver o Milan ser derrotado por 3 a 1 pelo Palermo. O time de José Mourinho soma 33 pontos, contra 27 de Juventus e Milan, e vai à capital para enfrentar a Lazio, quinta colocada, neste sábado.

Mourinho não relacionou o jovem Mario Balotelli, argumentando que o jovem de origem ganense tem mostrado pouco profissionalismo e “precisa jogar com a equipe de juniores para entender a diferença”. Outro que fica de fora é Adriano – desta vez não por problemas disciplinares, mas por uma febre que atrapalhou sua semana. O português Ricardo Quaresma deve ter nova oportunidade.

O Milan, que não vence há quatro jogos oficiais, busca a reabilitação em casa contra o Catania, neste domingo. Os 'rossoneri' foram eliminados da Copa da Itália com uma derrota em casa por 2 a 1 para a Lazio, no meio da semana. A Juve viaja à região sul para encarar o Lecce.

Veja os jogos da 15ª rodada da Série A:

Sábado, 6/dezembro
Chievo x Roma (15:00, ESPN Internacional, Sportv e RAI)
Lazio x Internazionale (17:30, ESPN Brasil, Esporte Interativo, Sportv e RAI)

Domingo, 7/dezembro
Lecce x Juventus (12:00, ESPN Brasil e Esporte Interativo)
Napoli x Siena
Milan x Catania (12:00, ESPN Internacional e RAI)
Torino x Fiorentina
Atalanta x Udinese
Cagliari x Palermo
Reggina x Bologna
Sampdoria x Genoa (17:30, RAI)

Clique aqui e veja classificação e resultados do Italiano.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo