Inglaterra

United vence, bate recorde e segue tranquilo no Inglês

O Manchester United segue imparável no Campeonato Inglês. Pela 26ª rodada, o líder da Premier League venceu o Aston Villa por 3 a 1, e igualou o recorde de invencibilidade de 29 partidas, ocorrido na temporada 1998/99. De quebra, a equipe manteve-se segura na ponta do campeonato, com 54 pontos, oito à frente do Arsenal.

E os Red Devils não precisaram de mais do que alguns segundos para se imporem em campo e fazerem 1 a 0. Com cerca de 50 segundos de jogo, o goleiro Edwin van der Sar repôs a bola em jogo, e ela atravessou o campo até Wayne Rooney. E o atacante dominou, entrou na área e chutou na saída de Brad Friedel, abrindo o placar para o United.

A superioridade dos donos da casa continuou aos nove minutos. Rooney cruzou a bola da direita, e Dimitar Berbatov tentou cabeceá-la, na segunda trave. Porém, mandou-a em cima da defesa dos Villans, que tirou a bola da área, evitando o perigo.

Tímido, o Aston Villa ameaçava em poucas vezes. Uma delas foi aos 18, quando, após cobrança rápida de tiro de meta, o Aston Villa contra-atacou com Darren Bent. O atacante recebeu lançamento e arriscou o voleio, na entrada da área. Porém, ela foi direto para os braços de Van der Sar.

Porém, a pressão do United prosseguiu, pouco depois. Aos 22 minutos, Nani iniciou jogada individual, vindo da direita para o meio. Ao chegar à meia-lua, o português deixou com Berbatov. A defesa tentou afastar, mas ela voltou para o camisa 17, que chutou forte, exigindo boa defesa de Friedel, que espalmou pela linha de fundo.

O arqueiro norte-americano impediu que o placar fosse ampliado por mais duas vezes. Aos 30 minutos, Ryan Giggs invadiu a área e arriscou forte chute, de pé direito. Porém, Friedel mergulhou no canto direito e agarrou. E, aos 38, Patrice Evra recebeu de Giggs, invadiu a área, pela esquerda, e chutou cruzado, mas Friedel defendeu, novamente.

Mas, nos acréscimos, aos 46, não houve como impedir o segundo gol. Nani disputou a bola com Claran Clark, conseguiu vencer a marcação do lateral esquerdo e cruzou. Entrando pelo meio, Wayne Rooney cabeceou para baixo e fez 2 a 0.

No início do segundo tempo, o United quase fez o seu terceiro gol, com Berbatov, no primeiro minuto. Mas o Aston Villa começou a chegar. E os Villans, enfim, fizeram o gol aos 14 minutos. Em contra-ataque rápido, a bola sobrou com Stewart Downing. E o meio-campista cruzou rasteiro, da direita. Bent entrou livre na área e apenas escorou para o ângulo esquerdo de Van der Sar, diminuindo a vantagem do United.

Porém, não houve muito tempo para os visitantes se animarem. Logo o United conseguiu alcançar o 3 a 1, aos 19: após cruzamento de Giggs para a área, Nemanja Vidic dominou pela esquerda, passando a Rooney. O camisa 10 ajeitou e devolveu ao sérvio, que chutou de pé direito, no ângulo de Friedel, fazendo belo gol.

No entanto, o time de Gerard Houllier continuou tentando dificultar as coisas. Aos 25 minutos, Ashley Young dominou pela esquerda e arriscou chute, nas proximidades da área. A bola atingiu o travessão e saiu, em boa chance do United.

Mas, no final do jogo, as principais chances foram dos mandantes. Aos 37, Nani chegou à linha de fundo, pela esquerda, e tentou o chute, quase sem ângulo. Porém, Friedel defendeu. E, aos 44, a grande chance para o quarto gol: Rooney recebeu passe em profundidade e chutou forte, mas Friedel fez mais uma boa defesa. O que não evitou a sequência da invencibilidade dos Red Devils.

No fim, West Brom empata com Wigan

Em partida entre dois clubes ameaçados pelo rebaixamento, o West Bromwich quase foi derrotado pelo Wigan, primeiro entre os times na zona de queda. No entanto, os Baggies conseguiram empatar o jogo, por 2 a 2, mantendo-se em 16º lugar, com 26 pontos.

O West Brom abriu o placar rapidamente. Aos cinco minutos do primeiro tempo, em contra-ataque, Jerome Thomas lançou a bola a Peter Odemwingie, que se livrou da marcação de Steve Gohouri e tocou na saída de Ali Al-Habsi, fazendo 1 a 0.

Porém, ainda na etapa inicial, os Latics viraram o jogo. Aos 20 minutos, Charles N'Zogbia cobrou falta e empatou o jogo. E, aos 43, Gonzalo Jara derrubou Maynor Figueroa, e Ben Watson mandou a bola para as redes, virando o jogo.

Mas, no final do jogo, veio a salvação para os mandantes. Aos 34 minutos, Thomas cruzou da direita, e Marc-Antoine Fortune subiu e cabeceou para decretar o placar final.

Confira os jogos da 25ª rodada do Campeonato Inglês:

Terça-feira, 1/fevereiro
Sunderland 2×4 Chelsea
Arsenal 2×1 Everton
Manchester United 3×1 Aston Villa
West Bromwich 2×2 Wigan

Quarta-feira, 2/fevereiro
Birmingham x Manchester City
Fulham x Newcastle
Blackburn x Tottenham
Blackpool x West Ham
Liverpool x Stoke
Bolton x Wolverhampton

Clique aqui e veja os próximos jogos e a classificação da Premier League.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo