Inglaterra

Scolari assume culpa e planeja mudanças

Após perder por 3 a 0 para o Manchester United, neste domingo, Luiz Felipe Scolari, no comando do Chelsea, está a apenas uma derrota da primeira crise em seu reinado no clube.

“Foi um grande prejuízo, não viemos aqui para jogar assim”, disse Scolari. “Mas não pensamos que por perdermos um jogo fomos derrotados. Ainda temos 17 partidas e vamos lutar até a última delas”.

“(A derrota) É minha responsabilidade. Preciso mudar o esquema ou algo mais. Os jogadores deram seu melhor. Cometeram alguns erros, mas meu trabalho agora é promover alguma mudança”, disse.

“Nunca sabemos o que irá acontecer, mas se jogarmos como hoje (domingo) pelos próximos três ou quatro jogos, não seremos campeões”, completou o treinador do Chelsea, que está em segundo lugar na Premier League com 42 pontos e não ganhou nenhum dos últimos cinco jogos do campeonato, tendo sido facilmente derrotado pelo United, que está apenas um ponto atrás dos Blues, com dois jogos a menos.

“O Manchester United foi melhor do que nós. Entramos para vencer aquele jogo. Nossa performance nos primeiros 45 minutos foi boa, mas nós permitimos que marcassem um gol, e isso mudou tudo”, analisou Felipão. “Depois daquele gol eles passaram a jogar livremente. Tentamos colocar mais jogadores à frente, e demos o espaço que queriam para jogar”, completou.

O treinador brasileiro também afirmou que não precisa de mais jogadores, e se diz satisfeito com seu atual elenco. “Mais jogadores? Eu não preciso disso. Tenho ótimos jogadores. Ou nós vencemos com eles, ou eu caio”, declarou. O Chelsea está distante de estar fora da briga pelo título, porém, sob o comando de Felipão, o time conquistou apenas um ponto em seus confrontos com os grandes United, Liverpool e Arsenal, o que não colaborou positivamente para a reputação do brasileiro.

Scolari afirmou não ter se sentido pressionado com a presença do antigo técnico dos Blues, José Mourinho, hoje no comando da Internazionale, na partida de domingo. “Mourinho veio aqui para assistir ao Manchester United, seu adversário na Liga dos Campeões mês que vem. Isso é normal. Ele é um homem inteligente, não veio aqui para dizer que me ama”, disse ele.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo