Premier League

Werner acabou com sua seca de gols pela Premier League em vitória confortável do Chelsea

Desde a oitava rodada, em 7 de novembro, que Timo Werner, principal contratação para o ataque do Chelsea nesta temporada, não colocava a bola na rede. Embora tivesse crescido de rendimento desde a chegada de Thomas Tuchel, faltava colocar fim a esta incômoda estatística, o que aconteceu nesta segunda-feira, na vitória confortável por 2 a 0 sobre o Newcastle.

Ainda acertando o time, especialmente na parte ofensiva, Tuchel tem conseguido bons resultados neste começo de trabalho. Após empatar com o Wolverhampton em sua estreia, emendou quatro vitórias seguidas pelo Campeonato Inglês, e sofreu apenas um gol, do Sheffield United.

Werner vinha dando sinais de vida. Deu assistência e sofreu um pênalti contra os Blades. Também havia gerado uma penalidade máxima diante do Tottenham. Mas um gol mesmo saiu apenas no final de um primeiro tempo completamente controlado pelo Chelsea: doze finalizações contra apenas duas do Newcastle, nenhuma no alvo.

Logo aos três minutos, Marcos Alonso recebeu bom passe de Kovacic e chutou forte para testar o goleiro Karl Darlow. Azpilicueta desviou um escanteio de cabeça, mas Dwight Gayle cortou, quase em cima da linha, e Tammy Abraham ficou no chão pedindo pênalti de Jamaal Lascelles, que havia conseguido o desarme, mas também pegou a sua perna na sequência. Nada foi dado.

A jogada tirou Abraham de ação. Por outro lado, colocou Olivier Giroud em campo. Aos 26 minutos, ele tabelou com Mason Mount e lançou à esquerda. Alonso ajeitou de cabeça para o desvio de Werner, caprichosamente um pouco aberto demais.

Um demônio pela ponta esquerda, Werner foi à linha de fundo e cruzou rasteiro. Darlow desviou na primeira trave, e a sobra ficou para Giroud, com o gol vazio: 1 a 0. Três minutos depois, Kovacic tabelou com o atacante francês e acionou Werner na entrada da área. Para fora, por pouco.

Finalmente, aos 39 minutos, escanteio cobrado por Mount pela direita bateu em Lascelles dentro da área e sobrou para Werner, que estava esperto para completar na segunda trave e ampliar a vantagem do Chelsea.

O Newcastle suou e batalhou para tentar voltar ao jogo no segundo tempo. Quase descontou em uma cabeçada de Willock, bem defendida por Kepa. Mas seus esforços foram em vão.

.

.

Standings provided by SofaScore LiveScore

.

.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo