Premier League

O que fez técnico do Tottenham perder a linha com seu próprio torcedor?

Ange Postecoglou discutiu com torcedor que pedia pela derrota dos Spurs para prejudicar o rival Arsenal

O Tottenham foi derrotado em casa pelo Manchester City pelo placar de 2 a 0 na tarde desta terça-feira em Londres. Erling Haaland marcou os dois gols do jogo, e se isolou ainda mais na artilharia da Premier League com 27 gols em 30 jogos. A vitória deixou o time de Guardiola na liderança da competição, e a uma vitória de mais uma conquista do torneio. Rival local do Arsenal, parte da torcida até gostou do resultado, o que incomodou o técnico dos Spurs, Ange Postecoglou.

O treinador foi flagrado discutindo com um torcedor do Tottenham, que manifestou o desejo de ver a sua equipe perder para o City, e prejudicar o rival na luta pelo título da Premier League.

— O que você disse? O que você disse antes disso? Só para eu saber quem você é. Aí está você. Estou de olho em você. Cuidado com o que fala, ok? — disse Postecoglou ao torcedor.

Antes da bola rolar em Londres, a torcida local chegou a debater sobre qual deveria ser a postura do time diante da equipe comandada por Guardiola. Em entrevista pré-jogo, Postecoglou foi enfático ao dizer que seu time iria brigar pela vitória, pois o clube ainda tinha chances de brigar por uma vaga na próxima Champions League.

Com a derrota para o Manchester City, o Tottenham pode apenas chegar aos 66 pontos, e não alcança mais o Aston Villa, quarto colocado com 68. Sendo assim, não tem mais chances de se classificar para a principal competição de clubes da Europa na próxima temporada, mas já estão na próxima Liga Europa.

Tottenham joga bem, mas é superado pelo forte City

O time londrino cumpriu à risca aquilo que Postecoglou disse que sua equipe faria em campo. Jogando ofensivamente, o Tottenham arriscou, subiu suas linhas de marcação, chegou a pressionar o time do City, mas não teve a eficiência necessária no último terço do campo, e mesmo jogando um pouco melhor no primeiro tempo, ficando com mais posse de bola do que o rival, não conseguiu marcar.

Na segunda etapa, foi a vez do City entrar mais no jogo, e o time de Guardiola abriu o placar logo aos seis minutos de jogo com Haaland, em boa jogada envolvendo De Bruyne e Bernardo Silva. A partir daí o jogo mudou de figura, e o time de Manchester passou a controlar as ações. Nos acréscimos, Doku foi derrubado pelo lateral-direito Pedro Porro na área, e a arbitragem comandada por Chris Kavanagh anotou pênalti, convertido pelo norueguês.

A derrota para o Manchester City foi a quinta nos últimos seis jogos do Tottenham, que sofreu por conta das lesões de jogadores importantes como Richarlison, Timo Werner, Ben Davies e Udogie, mas pelo menos terá uma competição continental a disputar na próxima temporada.

Caso consiga contratar eficientemente na janela de transferências que se aproxima, é possível que o time londrino consiga algo maior na elite do futebol inglês.

Foto de Lucas de Souza

Lucas de Souza

Esse é Lucas de Souza, redator e repórter do Futebol na Veia e da Trivela. Jornalista especializado em Marketing digital é também narrador do Portal Futebol Interior e da RP2Marketing.
Botão Voltar ao topo