Premier League

Torreira continua encantando e um lindo voleio desafogou o Arsenal rumo à vitória

Lucas Torreira precisou de pouco tempo para conquistar a torcida do Arsenal. Como se as ótimas atuações já não fossem suficientes, o uruguaio fez uma partidaça no clássico contra o Tottenham. Já neste sábado, mais um motivo para ser adorado pelos torcedores: o meio-campista resolveu um jogo difícil contra o Huddersfield, garantindo a vitória por 1 a 0 no Emirates já durante os minutos finais. Resultado que coloca provisoriamente os londrinos no G-4 da Premier League e aumenta a contagem do novato no clube.

Com mais posse de bola e mais finalizações, o Arsenal não conseguiu romper o placar zerado até os 38 minutos do segundo tempo – com direito a um tento erroneamente anulado de Alexandre Lacazette pouco antes do intervalo. Assim, o triunfo nasceu em uma jogada bem trabalhada pela equipe, apesar da confusão na área. Pierre-Emerick Aubameyang dominou com enorme categoria o lançamento de Matteo Guendouzi, mas também precisou insistir até conseguir cruzar em direção à pequena área. Por lá encontrou o diminuto Torreira, totalmente livre em sua infiltração. E o volante impressionou na definição, emendando um voleio para vencer o goleiro Jonas Lössl. Alívio e três pontos fundamentais.

O Arsenal assume provisoriamente o terceiro lugar, com 34 pontos, aguardando as partidas de Tottenham e Chelsea para saber se mantém a posição. Ainda longe dos líderes, mas pronto para lutar por seu retorno à Liga dos Campeões. Já são 21 partidas de invencibilidade, considerando todas as competições. O Huddersfield, por sua vez, foi ultrapassado pelo Burnley e entrou para o Z-3, com três derrotas consecutivas. Soma dez pontos, a dois de respirar fora da zona de rebaixamento.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo