Premier League

Torcida do Leicester demonstrou gratidão com Ranieri, mas sem deixar de apoiar o time

O Estádio King Power vivia uma noite atípica. O Leicester entrava em campo pela primeira vez desde a demissão de Claudio Ranieri. Obviamente, o assunto da semana tomaria a atmosfera do jogo contra o Liverpool. Ainda assim, os torcedores azuis lidaram com a situação de maneira extremamente honrosa. Não deixaram de demonstrar a gratidão com o treinador responsável pela maior façanha da história do clube. No entanto, mesmo que muitos não concordem com a atitude da diretoria, apoiaram o time incondicionalmente durante os 90 minutos. Ao final, puderam celebrar a excelente vitória por 3 a 1, que tirou as Raposas da zona de rebaixamento.

A face de Ranieri esteve presente em vários cantos. Em faixas, cartazes e até mesmo nos rostos de torcedores que usaram máscaras. Apesar dos resultados ruins nos últimos meses, o comandante não deixou de ser amado nas arquibancadas do Estádio King Power e nas ruas da cidade, algo que ganhou demonstrações escancaradas diante de seu adeus. Aos 65 minutos, a manifestação mais contundente, quando o nome do treinador passou a ser cantado e centenas de luzes de celulares brilharam nas tribunas.

Em contrapartida, os torcedores não foram contaminados por aquilo que a imprensa publicou durante a semana. Diversos veículos britânicos (inclusive os mais sérios) apontaram os próprios jogadores como pivôs da demissão. Nada que levasse a torcida à revolta. Os gritos de apoio se mantiveram durante todo o tempo, especialmente nas substituições e ao apito final. Quando Riyad Mahrez saiu de campo, ganhou largos aplausos. Impulso ao time que, com ou sem Ranieri, seguirá na rotina de cada um dos presentes nas arquibancadas.

Claudio Ranieri continuará sendo homenageado no Estádio King Power, quer seja bem-vindo aos donos e jogadores do Leicester ou não. A estátua planejada ao técnico é, principalmente, iniciativa da população. Entretanto, os torcedores seguem em frente ao lado do clube, que é o que é desde antes do italiano, dos tailandeses ou de qualquer um dos atletas. A torcida forma a verdadeira identidade das Raposas. E o time precisa de seu apoio para escapar da situação difícil na Premier League, assim como para seguir sonhando na Champions.

ranieri4 ranieri3 ranieri2 ranieri1 ranieri

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo