Premier League

Smith Rowe segue crescendo, e o Arsenal venceu confortavelmente o Aston Villa

O garoto de 21 anos foi um dos destaques da vitória por 3 a 1 nesta sexta-feira no Emirates

Não existe uma abundância de boas notícias nos últimos anos do Arsenal, mas a principal é o crescimento de garotos. Bukayo Saka já chegou até à seleção inglesa. Quem parece que está tirando este começo de temporada para se afirmar é Emile Smith Rowe, 21 anos, destaque da vitória confortável por 3 a 1 sobre o Aston Villa nesta sexta-feira.

Smith Rowe marcou seus primeiros gols pela Premier League nas últimas quatro rodadas da edição passada, na qual jogou regularmente a partir de dezembro. Seguiu como titular de Mikel Arteta, em mais de uma posição na linha de armação, geralmente pelo centro ou pela esquerda e tem mostrado evolução. Deu uma assistência e marcou um gol contra o Aston Villa, como havia feito na vitória por 3 a 1 sobre o Tottenham.

Montado em um 4-4-2, o Arsenal deu sequência à sua boa sequência de resultados com uma atuação bem segura contra o Aston Villa, derrotado pela terceira vez seguida. O começo foi arrasador, com chances atrás de chances. Aubameyang tentou uma bicicleta na segunda trave, mais um cruzamento que uma finalização, e Nuno Tavares invadiu a área pela esquerda antes de chutar por cima.

Thomas Partey, um dos melhores em campo tanto nas funções defensivas quanto ofensivas, acertou a trave, aos 20 minutos e, logo em seguida, abriu o placar desviando a cobrança de escanteio de Smith-Rowe. Em um contra-ataque, Tavares deixou Saka cara a cara com Martínez, que fez a defesa com as pernas, mas a facilidade com que o Arsenal construiu a jogada foi um sinal ruim ao Aston Villa. E estava prestes a piorar.

Com o auxílio do VAR, o árbitro Craig Pawson marcou pênalti de Matt Targett em Alexandre Lacazette, no finalzinho do primeiro tempo. Martínez até defendeu a cobrança de Aubameyang, que ampliou no rebote. Pouco depois do intervalo, Smith Rowe disparou em contra-ataque pela esquerda, entrou na área e contou com um desvio em Tyrone Mings para matar o jogo.

O Aston Villa tentou reagir. Buendía teve uma boa chance a cara a cara com Ramsdale, que fez boa defesa, e Jacob Ramsey descontou, a dez minutos do fim, com um chute colocado da entrada da área. Acabou gerando uma reta final mais quente, em que parecia que o Villa poderia voltar à partida se encontrasse um golzinho rapidamente. Não o encontrou.

.

.

Standings provided by SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo