Premier League

Com show de Saint-Maximin e Trippier, o Newcastle buscou uma grande vitória sobre o Everton e saiu do Z-3

A partida em St. James' Park contou com várias estreias, incluindo a de Bruno Guimarães, que teve lances de efeito mesmo só jogando os acréscimos do segundo tempo

A rodada da Premier League começou com um jogo importantíssimo na briga da parte inferior da tabela. Newcastle e Everton investiram bastante no mercado de inverno. O confronto direto em St. James’ Park serviria como primeiro passo ao vencedor na tentativa de uma recuperação. Apesar da boa estreia de Frank Lampard à frente dos Toffees, com goleada na Copa da Inglaterra, a equipe azul não resistiu ao ótimo segundo tempo dos Magpies. Allan Saint-Maximin infernizou seus marcadores, Kieran Trippier marcou um belo gol de falta e os novos ricos ganharam por 3 a 1. Ainda deu tempo para Bruno Guimarães estrear no finalzinho e já arrancar aplausos da torcida, com algumas jogadas de efeito.

O Newcastle contou com a estreia de Matt Targett na lateral esquerda, enquanto Kieran Trippier e Chris Wood eram duas novidades do mercado de inverno que já vinham ganhando sequência com Eddie Howe. O Everton chamava mais atenção pela reestreia de Lampard como técnico na Premier League. Bruno Guimarães e Dan Burn ficavam só no banco dos Magpies, assim como Dele Alli e Donny van de Beek pelos Toffees.

O primeiro tempo pendeu ao Everton. Os Toffees se mostravam uma equipe mais organizada, com mais posse de bola, e criaram as primeiras chances. Richarlison assustou num tiro para fora aos 12 minutos. De qualquer maneira, era uma partida mais física, de mais pegada do que chances de gol. E os azuis teriam seus problemas, quando Demarai Gray e Yerry Mina precisaram sair por lesão antes dos 35, com Dele Alli fazendo sua estreia ao substituir o primeiro. O gol do Everton, aliás, surgiu logo depois da troca do zagueiro. Aos 36, após uma falta cobrada para a área, a bola sobrou para Mason Holgate chutar. A zaga tentou salvar em cima da linha, mas rebateu em cima de Jamal Lascelles, que marcou o gol contra.

O Newcastle não tinha feito muito até então, no máximo com um chute de Joelinton defendido por Jordan Pickford. Pelo menos a resposta dos Magpies não demorou, com o empate já aos 37. O time ganhou um escanteio após pressionar a saída de bola. Trippier cobrou e Lascelles emendou uma cabeçada potente no travessão. Holgate, como se retribuísse a gentileza, viu a bola bater em seu corpo e entrar para mais um gol contra. Os alvinegros seguiram melhores antes do intervalo e até pressionaram pela virada. Joelinton chegou a ganhar uma bola limpa de Saint-Maximin, que achou o passe mesmo marcado por três, mas escorregou bem na hora de chutar.

O segundo tempo voltou num ritmo ainda muito alto, mas o Newcastle estava mais aceso. E a virada surgiu aos 11 minutos. Joelinton abriu com Saint-Maximin, que acelerou até a linha de fundo e cruzou. Ryan Fraser conferiu na pequena área. A estreia de Van de Beek ocorreu logo depois, no lugar de André Gomes. Os espaços se tornavam maiores, mas a tentativa do Everton em avançar em campo pouco surtiu resultados. Os Magpies incomodavam sempre que Saint-Maximin pegava a bola e partia para cima da marcação. Em um desses lances, aos 31, o atacante chutou para defesa de Pickford e Wood marcou no rebote, mas estava impedido.

O Newcastle não demorou a matar o jogo. Aos 35, a equipe da casa ganhou uma cobrança de falta frontal. Trippier mandou uma bola por fora da barreira, caindo, e Pickford não conseguiu chegar a tempo, com o tiro entrando rente à trave. A partir de então, o Everton estava nocauteado. Jacob Murphy carimbou a trave, antes que Joe Willock chutasse em cima de Pickford. Bruno Guimarães entrou só nesta sequência, aos 46, muito festejado pela torcida. Em seu primeiro lance, o meio-campista roubou a bola e disparou no contragolpe, passando para Saint-Maximin. Após driblar a marcação, o atacante chutou para ótima defesa de Pickford. Por fim, quando os Magpies gastavam o tempo na bandeirinha de escanteio, Bruno Guimarães ainda acertou um passe de calcanhar para Joelinton que fez a torcida gritar. Foi enfim uma noite de confiança em St. James’ Park.

O Newcastle vence a segunda partida seguida e sai da zona de rebaixamento, no 17° lugar. Os Magpies somam 18 pontos, dois a mais que o Norwich e três a mais que o Watford. As três equipes completaram 22 jogos, mas os Canários entram em campo nesta quarta contra o Crystal Palace. Quem ainda pode superar os alvinegros é o Burnley, que chegou aos 14, mas com duas partidas por fazer. Em 16°, o Everton só está um ponto à frente do Newcastle, com 19, mas um jogo a menos. Os Toffees ampliaram sua série negativa: perderam seus quatro últimos compromissos pela Premier League.

<iframe width="100%" height="580" src="https://www.sofascore.com/event/9576323/lineups/embed" frameborder="0" scrolling="no" style="max-width: 770px"></iframe>    <div style="font-size:12px;font-family:Arial,sans-serif"><a href="https://www.sofascore.com/everton-newcastle-united/OY" target="_blank" rel="noopener">Newcastle United - Everton Live Score</a></div>

Standings provided by SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo