Premier League

Sánchez chega a 28 gols na temporada e deixa Arsenal a um ponto do Liverpool

Dois jogadores fundamentais ao Arsenal estão fazendo um final de temporada em alto nível. Mesut Özil e Alexis Sánchez são os dois craques do time, que conseguem elevar o patamar da equipe. Foram os dois mais uma vez que decidiram o jogo contra o Sunderland, nesta terça-feira. O alemão foi um dos melhores do jogo, só atrás mesmo de Sánchez, que marcou dois gols e chegou a 28 na temporada. É a melhor temporada, em gols, do atacante chileno. E é isso que tem mantido o Arsenal na briga por vaga na Champions League.

LEIA TAMBÉM: Presente eterno: sócios do Atlético de Madrid levarão cadeiras do Calderón para casa

A temporada mais goleadora da vida de Sánchez foi em 2014/15, quando fez 25 gols pelo próprio Arsenal. O técnico Arsène Wenger já disse que o chileno evoluiu para se tornar um jogador mais completo. Suas temporadas nos Gunners são as mais goleadoras na sua carreira, mas esta, especificamente, tem sido a melhor de todas. Tanto que o atacante já é o segundo colocado na artilharia da Premier League com 23 gols, atrás apenas de Romelu Lukaku, do Everton. Curiosamente, o adversário do próximo domingo, na rodada final.

A vitória sobre o condenado Sunderland de David Moyes levou o Arsenal a 72 pontos, um a menos que o Liverpool e três a menos que o Manchester City, que já está com uma mão na vaga na competição europeia. Basta um empate contra o Watford para o time de Pep Guardiola assegurar um lugar entre os quatro primeiros na tabela.

A última rodada acontece no domingo, às 11h (horário de Brasília). O Arsenal terá pela frente o Everton, em casa. Precisa de uma vitória e um tropeço do Liverpool, que joga, também em casa, com outro condenado: o Middlesbrough. O time de Jürgen Klopp precisa de uma vitória para se garantir sem depender do Arsenal. O Manchester City ficar fora é improvável porque além de perder o jogo e ver os dois adversários vencerem, ainda terá que perder um saldo de gols de cinco gols.

A esta altura, ninguém sabe se o Arsenal conseguirá ir para a Champions League. Seria a primeira vez desde que Wenger assumiu que o clube que o Arsenal não iria para a competição mais importante da Europa. Também não se sabe se ele fica como técnico do clube na próxima temporada. Mais do que isso, também não se sabe se Sánchez e Özil ficarão. Os dois têm apenas mais um ano de contrato. Se não renovarem seus vínculos devem ser vendidos pelo clube.

Haja interrogações para este time do Arsenal. E que rodada será esta última da Premier League. Três times buscando duas vagas na Champions League.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo