Premier League

Premier League começará testes de substituições extras por concussão na próxima semana

A Premier League se tornará a primeira competição a colocar em prática os testes de substituições extras por concussão. A informação foi revelada pelo jornal inglês The Times e confirmada pelo site The Athletic: a partir da 20ª rodada, a ser realizada entre a terça-feira e a quinta-feira da próxima semana, a primeira divisão inglesa irá introduzir a aguardada novidade.

Já era sabido que a Premier League seria uma das competições a implementar os testes, com FA Cup e Mundial de Clubes sendo, por enquanto, os outros torneios confirmados a fazerem o mesmo ainda neste ano. A liga inglesa, no entanto, é que dá o primeiro passo prático neste sentido.

A International Board (IFAB), entidade responsável pelas regras mundiais do futebol, aprovou em dezembro de 2020 a realização de testes de substituições extras em casos de concussão e apresentou dois protocolos possíveis para as competições que desejassem aderir ao experimento. Em um deles, é possível fazer apenas uma substituição por suspeita ou confirmação de concussão, e apenas a equipe afetada pelo incidente tem direito à mexida. No segundo, este escolhido pela Premier League, são possíveis até duas substituições por concussão, mas caso uma equipe lance mão da prerrogativa, o adversário poderá também fazer uma alteração extra, em nome da isonomia.

Logo que a IFAB anunciou a aprovação dos testes de substituições por concussão, a Premier League aderiu à ideia, votando a favor da novidade em uma reunião em dezembro de 2020. Na ocasião, a liga explicou: “Com o bem-estar dos jogadores sendo a prioridade da Premier League, os clubes concordaram em princípio em introduzir substituições adicionais permanentes por concussão, após a aprovação dos testes pela IFAB”.

A International Board espera que os testes sejam um sucesso, já que deseja implementar de forma definitiva o procedimento no livro de regras do futebol. Os testes a serem realizados por Premier League, FA Cup e Mundial de Clubes servirão para oferecer um feedback à entidade sobre a alteração, possibilitando uma avaliação bem informada sobre quais seriam os próximos passos.

A discussão sobre concussão no futebol cresceu lenta e gradativamente nos últimos anos, com alguns casos individuais acelerando as conversas, como a concussão sofrida por Loris Karius na final da Champions League de 2018 e o incidente com Vertonghen, que revelou jogar durante nove meses com repercussões de uma concussão que sofreu em abril de 2019, quando defendia o Tottenham.

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo