Premier League

O Southampton renova seu elenco com vários jovens e Joe Aribo será muito útil neste novo ciclo

Aribo foi um dos destaques do Rangers na histórica reconquista do Campeonato Escocês, bem como na campanha até a final da Liga Europa

Com alto poder de barganha em relação ao restante da Europa, os clubes da metade inferior da Premier League fazem boas contratações nesta janela de transferências. O Southampton não está entre os mais badalados compradores, mas adiciona talento e ganha perspectivas de subir na tabela. Nesta semana, os Saints anunciaram o seu reforço mais renomado: Joe Aribo, um dos destaques do Rangers na caminhada até a decisão da Liga Europa. O nigeriano de 25 anos chega num preço bem em conta, comprado por €7,1 milhões, com bônus possíveis de mais €4,7 milhões. Assina por quatro temporadas com os alvirrubros.

Descendente de nigerianos, Aribo nasceu em Londres e iniciou sua carreira na Inglaterra. Atuou em equipes semiprofissionais, até ser levado pelo Charlton aos 19 anos. O meio-campista tornou-se um dos principais jogadores do tradicional clube em sua empreitada na terceira divisão. Após auxiliar o acesso de volta à Championship, o jovem arrumou as suas malas. Não aceitou a proposta de renovação e ganhou um contrato com o Rangers, para atuar na elite da Escócia.

Aribo completou três temporadas com o Rangers e não demorou a cair nas graças de Steven Gerrard. O nigeriano atuava em diferentes funções no meio-campo, defensivas ou ofensivas. Foi importantíssimo na histórica conquista do Campeonato Escocês em 2020/21, atuando até como lateral esquerdo. Já na temporada passada, mesmo com a mudança de técnico, Aribo permaneceu entre os melhores do time sob as ordens de Gio van Bronckhorst. Foram nove gols e dez assistências em 57 partidas. Diante da crise de lesões no ataque, o camisa 17 quebrou um galho também como centroavante. Foi assim que disputou a final da Liga Europa, anotando o gol dos Teddy Bears no empate com o Eintracht Frankfurt, antes da derrota nos pênaltis.

Ao deixar o Rangers, Aribo dispensa a chance de disputar as copas europeias e também de buscar novos títulos. Porém, retorna ao seu país natal e aproveitará uma maior visibilidade na Premier League. Pode ser uma peça muito útil ao técnico Ralph Hasenhüttl, por toda a sua versatilidade. Além disso, o valor pago pelos Saints na contratação é relativamente baixo, pelo desempenho recente do nigeriano e pelo potencial aos 25 anos. A multa rescisória de €11,8 milhões no contrato vigente com os Gers auxiliou a transação.

“O Southampton é um clube incrível, com muita história e um bom planejamento para o futuro. Estou muito animado para a jornada. A Premier League é a melhor liga no mundo. Eu assisto desde pequeno, sempre foi um objetivo para mim jogar aqui e mostrar o que posso fazer nesse palco. É um sentimento incrível, um sonho que se torna realidade. É o que eu desejava desde que era uma criança que cresceu jogando, então dizer que estou aqui agora é muito emocionante”, afirmou Aribo, que ainda usou suas redes sociais para dedicar uma bela despedida à torcida do Rangers.

Hasenhüttl complementou: “Joe é um jogador com muitas qualidades e estamos empolgados em recebê-lo no elenco a tempo da pré-temporada. Acreditamos que ele pode trazer energia e criatividade para nosso time. Sentir-se confortável em tantas posições é muito útil para um treinador e mostra que ele tem um alto nível de inteligência futebolística, com a habilidade de absorver rapidamente novas informações. Ele já jogou muitas partidas em alto nível na carreira e suas atuações na Liga Europa provam que tem qualidade para jogar na Premier League. É uma grande ambição para Joe, e ele está com fome de mostrar a todos que pode conseguir”.

Com Aribo, o Southampton soma cinco contratações nesta janela de transferências. Curiosamente, todos abaixo dos 25 anos. O goleiro Mateusz Lis chega do Altay Izmir para compor elenco. O novo titular da posição deve ser Gavin Bazunu, titular da seleção da Irlanda e que vem de grande temporada com o Portsmouth. O garoto de 20 anos foi contratado junto ao Manchester City por €14 milhões. Também dos Citizens desembarca Roméo Lavia, volante de 18 anos que custou €12,3 milhões e faz parte das seleções de base da Bélgica. Já da Alemanha chegou Armel Bella-Kotchap, zagueiro de 20 anos que custou €10 milhões. Ajudou o Bochum no acesso à Bundesliga e terminou em alta a temporada na elite.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo