Premier League

Apagão e amasso contra Newcastle deixam Tottenham mais distante de vaga na Champions

Goleada do Newcastle por 4 a 0 deixa Tottenham em sinal de alerta, e anfitriões esperançosos por vaga europeia

Era esperado que Newcastle e Tottenham fizessem um jogo bastante movimentado na abertura da rodada 33 da Premier League. Entretanto, o time da casa aproveitou o apagão que os Spurs sofreram no primeiro tempo para construírem uma goleada de 4 a 0, no St. James Park, ao longo da partida deste sábado (13). Alexander Isak em duas ocasiões, Anthony Gordon e Fabian Schär aproveitaram erros de atenção da defesa adversária para conseguirem uma excelente vitória.

O resultado deixou o Tottenham em sinal de alerta. Com 60 pontos na quinta posição, os Spurs podem ver o Aston Villa se distanciar no quarto lugar, e ficarem mais longes de uma possível classificação para a Champions League. Provisoriamente na sexta colocação, o Newcastle chegou aos 50 pontos, e dependendo da possibilidade de um time inglês ser campeão da Champions League ou da Liga Europa, pode conquistar uma vaga em algum torneio continental.

Em jogo acirrado, Newcastle é mais letal

O primeiro tempo do jogo foi bastante movimentado. Mesmo com poucas finalizações, ambos os times criaram chances e chegavam à área, mas eram contidos pelos trabalhos defensivos. Mas tudo começou a mudar aos 30 minutos. Em contra-ataque, Gordon recebeu lançamento por cima no meio de campo, driblou dois e tocou para Isak. Esperto, o sueco deixou Van de Ven no chão, e livre, deslocou Vicario para abrir o placar aos 30 minutos.

E logo depois de um começo sem muitos chutes, os Magpies conseguiram ampliar o placar apenas 1 minuto e meio depois. Burn ganhou em dividida após lançamento errado, e a bola sobrou para Pedro Porro. Entretanto, na hora de recuar, o lateral do Tottenham jogou a bola nos pés de Gordon dentro da área. O atacante do Newcastle também deixou Van de Ven no chão, e com categoria fez o segundo gol do time anfitrião.

Aos 36, quase o Newcastle ampliou após Isak driblar novamente Van de Ven, mas em cima da hora, Udogie apareceu para evitar a finalização certeira do centroavante sueco. Os anfitriões ainda tiveram duas outras finalizações próximas, porém, o Tottenham conseguiu ir para o intervalo com uma desvantagem menor do que poderia ser.

Novo erro defensivo assegura goleada anfitriã

O Tottenham voltou do intervalo buscando diminuir o marcador a todo custo e expôs ainda mais. E foi isso que fez com que o Newcastle aumentasse a vantagem aos 6 minutos do segundo tempo. Bruno Guimarães roubou a bola no campo de defesa e a lançou para Isak. Livre, o sueco correu com a bola em direção ao gol, e bateu na saída de Vicario. Esse foi o 17º gol do centroavante na Premier League, e agora ele é o terceiro artilheiro do torneio, atrás apenas de Haaland e Watkins.

O gol no início da etapa final jogou água fria no Tottenham. Mesmo com Ange Postecoglou mexendo no time, os visitantes pouco puderam fazer para chegarem à meta de Dúbravka. Por volta dos 35 minutos, quase os Magpies ampliaram a vantagem. Krafth acertou um chute de primeira após cobrança de escanteio, e a finalização que desviou no meio do caminho bateu na trave.

E aos 42 minutos, o que era uma senhora vitória se tornou goleada. Em cobrança de escanteio, Gordon jogou a bola na cabeça de Schär, que subiu mais do que a defesa do time londrino para fazer o quarto gol do Newcastle. Levando em conta como começou a partida, eram esperados muitos gols, mas não todos vindos do mesmo time.

Foto de Vanderson Pimentel

Vanderson Pimentel

Jornalista formado em 2013, e apaixonado por futebol desde a infância. Em redações, também passou por Estadão e UOL.
Botão Voltar ao topo