Premier League

Newcastle ganhou de forma enfática para praticamente se garantir na Premier League e deixar o Leicester preocupado

O Leicester viu sua gordura se deteriorar antes de uma maratona muito difícil para fechar a temporada

O Newcastle teve uma atuação excelente no King Power Stadium, venceu o Leicester por 4 a 2 e praticamente se garantiu na próxima temporada da Premier League. O Fulham, primeiro integrante da zona de rebaixamento, pode somar no máximo mais 12 pontos, exatamente a diferença de momento para o time de Steve Bruce. Por outro lado, a derrota deixa o Leicester bastante preocupado.

Caso o Chelsea vença o Manchester City no sábado, o Leicester estará na quarta posição apenas pela segunda vez desde a 13ª rodada. Os cinco pontos que ainda tem de vantagem para o quinto colocado seriam relativamente confortáveis em condições normais, mas há dois agravantes: um deles é a derrocada da temporada passada, quando deixou a vaga na Champions escapar na última rodada após um péssimo segundo turno, que ainda paira sobre suas cabeças; o segundo é a tabela.

Começando porque esses cinco pontos podem virar apenas dois porque o West Ham tem um jogo a menos, contra o Everton. E o Liverpool, em sétimo, pode ficar a apenas três, caso derrote o Southampton no sábado e o Manchester United na quinta-feira, no clássico adiado por causa dos protestos da torcida do Red Devils.

O problema maior para o Leicester é a sua tabela. Enfrentará o mesmo United na próxima terça-feira, tem a final da Copa da Inglaterra contra o Chelsea no sábado seguinte, e depois fecha a Premier League contra Chelsea e Tottenham. Uma sequência bem difícil para um time que dá muitos sinais de oscilação, com quatro vitórias nas últimas dez rodadas da liga inglesa.

Enquanto isso, seus principais concorrentes têm compromissos muito mais acessíveis. Após o Everton, o West Ham enfrenta três equipes da parte de baixo da tabela que podem estar com seus destinos definidos quando cruzarem com os Hammers: Brighton, West Brom e Southampton.

A mesma coisa acontece com o Liverpool. O Southampton ainda estará atento neste domingo, e o dérbi tende a ser difícil, mas será o terceiro jogo em cinco dias de um Manchester United na final da Liga Europa, sem risco de sair do G4 e sem chance de título. Depois, os Reds enfrentam West Brom, talvez já rebaixado, e fecham contra Burnley e Crystal Palace de férias.

Toda projeção é naturalmente condicional aos resultados, mas o Leicester deveria ter aproveitado os últimos cinco jogos para ganhar um pouco de gordura. Ao invés disso, perdeu o confronto direto para o West Ham, empatou com o Southampton, levou uma sapatada do Newcastle e precisará de uma boa arrancada final.

O Newcastle, aliás, somou os pontos que devem ser suficientes para se manter na Premier League às custas dos times que brigam por vaga na Champions League. Derrotou o West Ham e empatou com o Liverpool antes colocar em campo uma grande exibição contra o Leicester.

Em 16 minutos, havia perdido duas grandes chances, com uma cabeçada de Federico Fernández e uma batida à queima-roupa de Saint-Maximin que exigiu linda defesa de Schmeichel. Aos 22, Joe Willock bateu a carteira de Söyüncü, entrou na área e bateu cruzado para abrir o placar. O Leicester respondeu com uma cabeçada perigosa de Fofana, bem defendida por Dúbravka, mas o Newcastle ampliou com Paul Dummett, em cobrança de escanteio.

Dúbravka fez outra grande defesa para barrar uma batida de primeira de Iheanacho antes do intervalo, e Ndidi mandou uma cabeçada muito próxima à trave no começo do segundo tempo. Quando parecia que o Leicester esboçaria uma reação, Matt Richie lançou do campo de defesa, Castagne errou o corte e Wilson recolheu. Entrou na área, driblou o goleiro e fez 3 a 0.

Quando o Leicester chegava, Dúbravka fazia de tudo para frustrá-lo com boas defesas, como na batida de primeira de Ayoze Pérez. E o Newcastle era cirúrgico. Outra bola nas costas, agora de Almirón. Novamente para Callum Wilson, que acertou a trave, pegou o rebote e marcou o quarto.

Albrighton e Iheanacho descontaram nos minutos finais, dando um fiapo de esperança para o Leicester, mas tarde demais para esboçar um empate milagroso. A derrota é mais pesada às Raposas pelas circunstâncias e dependendo de outros resultados, pode deixar a briga por vaga na Champions League muito aberta para as rodadas finais.

.

.

Standings provided by SofaScore LiveScore

.

.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo