Premier League

McNeil marcou um senhor golaço e o Burnley desbancou o Everton dentro do Goodison Park

O Everton virou o mês em alta, ao vencer o clássico contra o Liverpool e emendar uma boa série de triunfos. O ânimo ao redor dos Toffees esfriou um pouco na rodada passada, com a derrota diante do Chelsea. E o time de Carlo Ancelotti sofreu um grande golpe em seus planos, ao desperdiçar três pontos dentro de casa contra o Burnley. Os visitantes foram cirúrgicos no Goodison Park, com direito a um gol espetacular de Dwight McNeil, e os anfitriões não conseguiram buscar a diferença na derrota por 2 a 1. Chance perdida de se aproximarem do G-4 da Premier League.

O Everton começou melhor o jogo, com Richarlison logo provando o goleiro Nick Pope. Porém, bastou um gol para o Burnley virar a partida de cabeça para baixo. Aos 13 minutos, num ataque rápido, a zaga afastou apenas parcialmente o cruzamento. Chris Wood dominou e mandou no canto. Os Toffees sentiram o tento, não levando muito tempo para McNeil assinalar seu golaço. Aos 24, o ponta deixou Allan zonzo com um drible seco e arriscou de fora da área, acertando o ângulo com um tapa de canhota.

O Burnley ainda poderia ter feito o terceiro, mas Johann Gudmundsson parou na trave. O Everton até descontou aos 32, com Dominic Calvert-Lewin marcando de cabeça, mas a equipe teria outro problema com a lesão de Jordan Pickford antes do intervalo. Já a segunda etapa teve os Toffees no ataque durante a maior parte do tempo. Pope faria uma ótima defesa logo de cara, ao buscar um chute de André Gomes no cantinho, mas os azuis falharam em sua missão de tentar o empate. Calvert-Lewin não aproveitou seguidas oportunidades. E o Burnley poderia ter feito o terceiro. Matej Vydra furou num lance com o gol aberto e depois parou no goleiro João Virgínia, enquanto Ben Mee acertou o travessão. Foi um resultado surpreendente, mas por não sorte.

O Everton para com seus 46 pontos. Pode ser ultrapassado pelo Tottenham e igualado pelo Liverpool. Além disso, vê o Chelsea abrir cinco pontos de vantagem no G-4, mesmo com uma partida a mais. O Burnley, por sua vez, leva três pontos importantes para se distanciar da zona de rebaixamento. São 33 pontos, sete acima do Z-3, no 15° lugar. O time de Sean Dyche encerrou uma sequência de cinco rodadas sem vencer.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo