Premier League

Manchester United não vê a cor da bola e é humilhado pelo Crystal Palace

O frágil Manchester United não foi páreo para o Palace de Glasner e amargou novo vexame na temporada

Uma vitória nos últimos sete jogos, Ten Hag pressionado e novo dono irritado com a bagunça interna do clube. Assim, o Manchester United chegou para enfrentar o Crystal Palace, nesta segunda-feira (6), em duelo que fechou a 36ª rodada da Premier League. E a crise aumentou. No acanhado e simpático Selhurst Park, os Red Devils foram goleados pelo Crystal Palace, por 4 a 0, e caíram para oitava colocação do certame. Olise (duas vezes), Mateta e Mitchell marcaram os gols do recital da equipe londrina, que atravessa excelente momento desde a chegada de Oliver Glasner.

O Manchester United volta a campo no próximo domingo (12), quando enfrenta o Arsenal, em Old Trafford, a partir de 12h30 (horário de Brasília). Já o Crystal Palace visita o Wolverhampton, sábado (11), às 11h (horário de Brasília), no Molineux Stadium. Ambas as partidas são válidas pela 37ª rodada da Premier League.

Palace se aproveita de desorganização e inoperância do United

Ambiente favorável, boa fase e fragilidade do Manchester United. O Crystal Palace tinha motivos de sobra para tomar a iniciativa na partida, e foi isso que tentou fazer. Os Eagles buscaram pressionar a saída de bola dos Red Devils e agredir o adversário. Mas não obtiveram muito sucesso. Apesar da postura morosa, a equipe de Erik Ten Hag controlou a posse e arrefeceu o ímpeto dos donos da casa. Não por muito tempo.

Com 12′ no relógio, na primeira boa chegada do Palace, Olise mostrou por que é um dos jogadores preferidos da torcida dos Eagles. O jovem e talentoso meio-campista inglês recebeu arremesso lateral no meio-campo, tirou Eriksen e Casemiro da jogada e avançou até a meia-lua. Dali mesmo, experimentou finalização e acertou o cantinho de Onana, que até pulou, mas nada achou.

Atrás no placar, o United aumentou seu volume ofensivo. Entretanto, isso significava pouco. Afinal, os Red Devils abusavam da chamada ‘posse de bola estéril’ e sequer ameaçavam a meta de Henderson. Com exceção de uma falta cobrada por Eriksen, o time de Manchester não criou nenhuma boa situação no ataque. Intensidade baixa e repertório pobre do maior campeão inglês — mais uma vez. O Palace agradeceu e ampliou na reta final do primeiro tempo. Mateta foi acionado em contra-ataque rápido, deu drible desconcertante em Evans e fuzilou o gol de Onana.

Apático, United sofre defensivamente e é goleado no Selhurst Park

Com um banco recheado de garotos, Ten Hag optou por não mudar na volta do intervalo. O United vem sofrendo com lesões nesta reta final de temporada, e o técnico holandês ficou de mãos atadas. Dito isso, a tônica da partida seguiu a mesma. Mesmo à frente no placar, o Palace continuou oferecendo mais perigo. Desorganizado e pouco inspirado, os Red Devils sofriam na defesa e não incomodavam o adversário.

Aos 12′, Mitchell matou o jogo. Livre de marcação, Wharton cruzou na área e encontrou Andersen. O zagueiro se atirou na bola, escorou para o meio da área e serviu o lateral-esquerdo, que só teve o trabalho de empurrar. Não demorou muito, e a vitória incontestável do Crystal Palace se transformou em goleada.

Casemiro, que fez mais uma péssima partida com a camisa dos Red Devils, foi desarmado por Muñoz na defesa, e Olise recebeu em liberdade dentro da área. O camisa 7 disparou um petardo e venceu Onana, dando números finais ao jogo. Se tornou rotina, mas é sempre importante frisar: Manchester United perdido e completamente entregue em campo. Atuação apática e novo vexame para a equipe de Ten Hag.

Estatísticas de Crystal Palace 4 x 0 Manchester United – Premier League 2023/24

  • Posse de bola: 43% x 57%
  • Faltas: 12 x 8
  • Finalizações: 18 x 7
  • Finalizações no gol: 9 x 2

Quais os objetivos do United nesta reta final de temporada?

A campanha do Manchester United na Premier League é terrível. Os Red Devils ocupam o oitavo lugar, com apenas 54 pontos conquistados. Nesta posição, o clube não consegue vaga para nenhuma competição europeia. Por outro lado, o time segue vivo na briga pelo título da Copa da Inglaterra. Caso vença o Manchester City na final, a equipe de Ten Hag carimba passaporte para próxima edição da Liga Europa. A bola rola dia 25 de maio, às 11h (horário de Brasília), em Wembley.

Últimos jogos do Manchester United na temporada

  • Manchester United x Arsenal – Premier League – 12/05
  • Manchester United x Newcastle – Premier League – 15/05
  • Brighton x Manchester United – Premier League – 19/05
  • Manchester City x Manchester United – Copa da Inglaterra – 25/05
Foto de Guilherme Calvano

Guilherme Calvano

Apaixonado por futebol, uniu o amor pelo esporte mais popular do mundo ao jornalismo. Carioca da gema e grande entusiasta da Premier League, cobriu o Flamengo no Coluna do Fla e o Chelsea no Blues of Stamford. Na música, vai de Post Malone a Armandinho. Eclético assim como na área técnica. Afinal, Guardiola e Mourinho são suas referências.
Botão Voltar ao topo