Premier League

Kane perde gol incrível, mas se redime depois, e Tottenham vence o Brighton

O time de Antonio Conte chegou a oito vitórias e oito derrotas por todas as competições em 2022

Harry Kane perdeu um gol incrível no primeiro tempo, mas marcou no segundo para confirmar a vitória do Tottenham por 2 a 0 sobre o Brighton, fora de casa, em um começo de ano de altos e baixos para o time de Antonio Conte.

E parece até de propósito: agora são oito vitórias e oito derrotas em 2022, sem ganhar duas partidas consecutivas desde a época do Natal. Mas na Premier League em si, os resultados melhoraram, e o Tottenham está no ritmo do Manchester United na briga pelo G4.

A vitória sobre o Brighton foi a quarta em seis rodadas do Campeonato Inglês. Os Spurs chegaram a 48 pontos em 28 rodadas. Podem superar o United caso vençam o jogo que ainda têm a menos. O Arsenal, porém, tem 51 pontos em apenas 27 partidas e segue favorito pela quarta vaga.

Antonio Conte não fez mudanças em relação ao time que visitou Old Trafford no fim de semana e, como todos os espectadores, não deve ter entendido como Kane perdeu um gol tão feito aos quatro minutos.

Ele teve enorme mérito para acreditar na jogada e pressionar o goleiro Robert Sánchez na entrada da área. Conseguiu o desarme e, embora desequilibrado, alcançou a bola pela esquerda da pequena área. Sem goleiro, bateu cruzado de esquerda. Para fora.

O Brighton que começou tão bem a temporada e agora foi derrotado pela sexta vez seguida voltou a mostrar o seu principal problema: um ataque inofensivo que marcou apenas um gol nessa sequência. As estatísticas são terrivelmente ilustrativas. Quinze finalizações, nenhuma no alvo.

Aos 36 minutos do primeiro tempo, o Tottenham contou com a sorte para abrir o placar porque Romero desviou meio sem querer o chute de Kulusevski da entrada da área. Titular, o sueco contratado da Juventus também perdeu uma chance incrível, a minutos do intervalo, após erro de Shane Duffy.

Duffy tentou cortar de cabeça um lançamento da defesa do Tottenham, mas mandou em cima de Kulusevski, que recolheu, invadiu a área e, cara a cara, bateu em cima de Sánchez. Outro reforço de janeiro, Rodrigo Bentancur puxou o contra-ataque pelo meio com muito fôlego e soltou na medida para Kane aparecer pela esquerda da área e bater na saída de Sánchez para marcar o segundo.

Contra o ataque arame liso do Brighton, o Tottenham não teve muita dificuldade para se defender e ainda teve boas chances no contra-ataque, especialmente em com Reguilón, mas ele também parou em cima de Sánchez. Não fez falta, porém.

.

.

Standings provided by SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo