Premier League

Parece replay, mas é rodada nova: Haaland marca, City vence, e liderança fica próxima

Manchester City bateu o Nottingham Forest pela Premier League por 2 a 0 com gols de Gvardiol e Haaland

Mais do que ter o melhor treinador e um dos melhores elencos do mundo, o Manchester City também é conhecido pela forma como joga. A equipe sempre busca ter o controle da bola, e criar jogadas coletivas, mostrando domínio quase que absoluto. Mas neste domingo (28), o time mostrou também resiliência na Premier League e que sabe sofrer para conseguir uma vitória.

Mesmo sendo pressionado em parte do jogo, os Citizens mostraram mais letalidade e derrotaram o Nottingham Forest por 2 a 0 no City Ground. Josko Gvardiol e Erling Haaland, que voltou a se isolar na artilharia da Premier League, fizeram os gols da vitória do City.

O resultado foi essencial para o Manchester City, que está próximo de recuperar a liderança da competição. Agora o time de Guardiola tem 79 pontos, um atrás do líder Arsenal, mas com um jogo a menos para fazer, só dependendo de si para ser campeão novamente. Já o Nottingham vive próximo do perigo ainda. Com 26 pontos, a equipe que lutou bastante segue na 17ª colocação, só um ponto atrás do Luton Town, o primeiro time na zona da degola da Premier League.

City mostra mais letalidade

O jogo começou com o Nottingham tentando surpreender o City, mas após um chute de Williams, Gvardiol travou a bola. Depois, os visitantes passaram a ter mais controle de bola, e tanto e Grealish como Doku apareceram mais pelo meio em tabelas com Álvarez.

Aos 32 minutos, o time de Manchester conseguiu abrir o placar somente na bola parada. Em cobrança de escanteio, De Bruyne jogou a bola na direção da primeira trave. Gvardiol se antecipou a Murillo e abriu o placar.

Porém, jogando diante de sua torcida e desejando se distanciar da zona de rebaixamento, o Nottingham teve duas chances de empatar antes do intervalo. Na primeira, Williams deixou Wood na cara do gol, mas o neozelandês não conseguiu finalizar bem. Na segunda, Murillo tentou um chute de calcanhar após rebote em escanteio, mas o chute sem ângulo foi por cima do gol de Ederson.

Haaland entra para decidir e se isolar na artilharia

Já na etapa final, o Nottingham voltou do intervalo pressionando, e Chris Wood teve outra grande chance. Elanga fez grande jogada individual e cruzou rasteiro, mas a finalização do centroavante foi travada por Gvardiol. Por mais que tivesse jogando contra um dos melhores times do mundo, o Forest seguiu pressionando nos primeiros 15 minutos de segundo tempo.

Aos poucos, o Manchester City foi retomando o controle da partida, e aos 22 minutos, De Bruyne acertou um chute de fora da área perigoso, mas defendido por Sels.

E aos 25 minutos os visitantes ampliaram o placar com o artilheiro do campeonato. Inicialmente no banco de reservas, Haaland recebeu passe de De Bruyne, fintou Murillo e na saída de Sels, bateu com a perna direita e ampliou o placar. O norueguês chegou ao seu gol 21 na competição, e voltou a ficar isolado na artilharia do torneio, com um a mais do que Cole Palmer, do Chelsea.

O 2 a 0 deixou o jogo mais morno. Mesmo desesperado, o time do Nottingham foi ficando mais nervoso para criar jogadas, mas ainda assim correndo muito para se defender das jogadas criadas por De Bruyne e Haaland. Com o controle da bola e do resultado, os visitantes se seguraram e conseguiram um importante resultado para seguir firme em busca do título da Premier League.

Foto de Vanderson Pimentel

Vanderson Pimentel

Jornalista formado em 2013, e apaixonado por futebol desde a infância. Em redações, também passou por Estadão e UOL.
Botão Voltar ao topo