Premier League

Força, Petrov!

O diagnóstico de leucemia é terrível para qualquer pessoa. No entanto, imagine para um atleta profissional de futebol? Uma pessoa que pratica esporte todos os dias, tem uma alimentação equilibrada, ótimos profissionais cuidando da sua saúde diariamente, enfim, alguém que leva a vida de acordo com as melhores recomendações possíveis.

Eu sei que a leucemia não é uma doença originária de maus hábitos, e sim uma alteração gênica ou cromossômica, ou seja, qualquer um de nós pode ter. Mas quando alguém como Stiliyan Petrov tem esse problema diagnosticado, percebemos, ainda mais, como somos frágeis diante do destino.

Petrov, 32, começou a carreira no CSKA Sofia, em 1996, e ficou no clube búlgaro até 1999, quando se transferiu para o Celtic com um título búlgaro e duas Copas da Bulgária no currículo. Na Escócia, em quase oito anos de clube, venceu quatro Campeonatos Escoceses, duas Copas e ainda foi vice-campeão da Copa da Uefa na temporada 2002/03. Desde 2006 veste o uniforme do Aston Villa, onde se tornou ídolo rapidamente. Pela seleção foram 106 jogos e oito gols.

Neste sábado, o meia afirmou ao jornal Tema Sport, de seu país, que se aposentará do futebol. “O futebol acabou, isso é o fim. Estou começando agora a lutar pela minha vida, e lutarei”. Estas foram as palavras de Petrov, casado e pai de dois filhos.

Seu agente, posteriormente, negou a aposentadoria do jogador. Se ele falou realmente isso ou não, pouco importa. Quando estiver bem, se quiser voltar, que volte. Vocês podem imaginar tudo que se passa em sua cabeça agora? Não tem que se preocupar mesmo em seguir jogando ou não, até porque sua carreira já foi bonita demais. Ídolo de três torcidas.

E todo o respeito que seus fãs tem por ele foi demonstrado neste final de semana. Em homenagem ao camisa 19, os torcedores do Villa se levantaram nas arquibancadas do Villa Park aos 19 minutos da derrota para o Chelsea por 4 a 2, no sábado, e aplaudiram Petrov, que estava no estádio acompanhado de sua família. No dia seguinte, em Glasgow, a situação se repetiu em Celtic 2×0 St. Johnstone, e em Sevlievo, durante o triunfo por 1 a 0 do CSKA Sofia sobre o Vidima-Rakovski.

Abaixo, o vídeo que mostra a emoção em Birmingham. É de arrepiar.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo