Premier League

Everton realizará “jogo das estrelas” no Goodison Park em tributo a Bradley Lowery

Bradley Lowery se foi, mas deixou uma grande lição de vida. E as homenagens ao garotinho de seis anos, vítima de um tipo raro de câncer, deverão se repetir ao longo da temporada na Premier League. Um dos clubes que tomou a dianteira em tributo ao menino foi o Everton. Os Toffees organizarão um “jogo das estrelas” no Goodison Park durante o início de setembro, não apenas para relembrar o mascotinho, como também para ajudar a sua causa. A renda da partida será doada à Bradley Lowery Foundation, criada por familiares do inglesinho para auxiliar outras crianças em busca de tratamento para doenças raras.

VEJA TAMBÉM: Milhares de pessoas foram às ruas para o velório de Bradley Lowery, o super-herói do futebol

O Everton também havia sido um dos clubes que mais apoiaram Bradley em vida. Em setembro, o menino entrou em campo pela primeira vez com o Sunderland justamente contra o Toffees, o que criou a relação. O pequeno esteve no Goodison Park em janeiro, entrando como mascote do próprio Everton contra o Manchester City, mas vestindo a camisa do Sunderland, e voltou na visita dos Black Cats ao estádio em fevereiro. “Eu aprecio esse trabalho duro para arranjar fundos à nossa fundação. Como sempre, o Everton tem sido fantástico em deixar isso acontecer no Goodison Park”, declarou Gemma Lowery, mãe do garoto.

Já o presidente do Everton, Bill Kenwright, reforçou a postura do clube: “Há poucas coisas que poderíamos acrescentar aos tributos a Bradley, que já foram tocantes ao redor do mundo do futebol – e além disso. Eu não o conheci por muito tempo. Mas, do segundo em que ele entrou em campo com seu amado Sunderland contra a gente, eu senti uma forte necessidade do clube em ajudá-lo. Imediatamente apoiamos as suas necessidades. Todos no Everton se sentem honrados em apoiar esta partida para celebrar a curta vida de um dos grandes do futebol. Há apenas um Bradley Lowery”.

Seria ainda mais bacana se Jermaine Defoe conseguisse aparecer na partida e também recebesse homenagens. A paixão do atacante pelo menino também precisa ser homenageada.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo