Premier League

Dérbi do norte de Londres por Sarri: Arsenal e Tottenham negociam para contratar o treinador

Sem trabalho, Sarri é alvo dos dois clubes do norte de Londres, que buscam novo treinador para próxima temporada

A contratação de José Mourinho pela Roma abriu espaço para outro treinador, que estava cotado para assumir o time da capital, buscar novos rumos. Maurizio Sarri está sem trabalhar desde que deixou a Juventus, ao final da temporada passada, e era o nome mais cotado para assumir o comando da Roma. Com a ida de Mourinho, dois clubes surgem como candidatos a contratar o italiano: Arsenal e Tottenham, segundo informou o Football Italia.

Sarri teve uma passagem de uma temporada pela Inglaterra, pelo Chelsea. Conseguiu classificar o time para a Champions League na temporada seguinte, além de conquistar o seu primeiro título como técnico, a Liga Europa, em uma final doméstica contra o Arsenal. Livre no mercado, o treinador italiano é cotado para substituir Mikel Arteta, que faz um trabalho bastante questionável no comando dos Gunners, e também assumir o posto de técnico do Tottenham, neste momento comandado interinamente por Ryan Mason.

Os Spurs começaram as negociações com o ex-treinador de Napoli, Chelsea e Juventus depois da demissão de Mourinho, em abril. O Arsenal também se interessou pelo técnico, já que Mikel Arteta deve deixar o clube ao final da temporada depois do desempenho abaixo do esperado. Sarri estaria disposto a voltar à Premier League, mas ainda tem contrato com a Juventus até junho de 2022 – pelo qual ainda recebe salário, inclusive, de € 6 milhões anuais.

Sarri precisaria se livrar do contrato com a Juventus para poder assumir outro clube, seja Arsenal, Tottenham ou qualquer outro. Isso significaria que o clube de Turim poderia pedir uma compensação financeira ou, mais provável, que pedisse que Sarri abrisse mão do que tem a receber para rescindir o contrato.

Aos 62 anos, Sarri é conhecido por seu estilo de jogo envolvente, o que na Inglaterra ficou conhecido como “Sarribol”. Alvo de críticas no começo do seu trabalho no Chelsea, o treinador conseguiu adaptar suas ideias e teve uma segunda metade de temporada de alto nível pelos Blues.

Tottenham e Arsenal podem travar um dérbi do norte de Londres também pela contratação do técnico. Havia a especulação que os Spurs se interessavam por Erik Ten Hag, treinador do Ajax, mas a sua renovação recente com o clube de Amsterdã indicou que ele não sairá da Holanda.

Já o Arsenal vive uma temporada de frustração. Atualmente o time dirigido por Mikel Arteta está em nono lugar, a quatro rodadas do fim da Premier League. A última vez que terminou em uma posição abaixo do oitavo lugar foi em 1994/95, quando foi 12º. Depois disso, a pior posição foi justamente o oitavo lugar conquistado pelo próprio Arteta ao final da temporada passada, 2019/20. Sob o comando de Arsène Wenger, o time nunca ficou abaixo do sexto lugar – e por 20 anos, ficou sempre dentro dos quatro primeiros.


Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo