Premier League

Depois da frenética derrota para o United, Leeds reage com vitória equilibrada sobre o Burnley

O Leeds de Marcelo Bielsa tem como característica seu envolvimento em resultados malucos e cheios de gol, com as duas rodadas servindo bem de exemplo: vitória por 5 a 2 sobre o Newcastle e derrota por 6 a 2 para o United. Neste domingo (27), a equipe foi por um caminho diferente. Depois de abrir o placar no primeiro tempo contra o Burnley, segurou as pontas lá atrás na segunda etapa e garantiu um importante triunfo por 1 a 0 para dar uma resposta à goleada sofrida no domingo passado.

O único gol da partida aconteceu ainda aos cinco minutos do primeiro tempo. Patrick Bamford sofreu pênalti de Nick Pope e bateu para converter e fazer 1 a 0, chegando à boa marca de dez gols em 15 jogos na atual Premier League.

Melhor na primeira etapa, o Leeds seguiu criando chances, com boa participação do brasileiro Raphinha. Aos 16 minutos, o ponta recebeu um belo passe cavado e cabeceou por cima do goleiro, mas também do gol. Aos 30, Tarkowski errou a saída de bola e entregou para o brasileiro, que entrou na área, deixou um marcador no chão e tocou no pé de Harrison, em condições de marcar, mas o ala parou em boa defesa de Pope.

Já aos 45 minutos, os donos da casa tiveram outra boa oportunidade de ampliar o placar. Rodrigo começou a jogada pelo centro, abriu com Harrison e se lançou à área para completar o lance, mas cabeceou por cima do travessão após o cruzamento.

Qualquer que tenha sido o papo de Sean Dyche no intervalo com seus comandados, ele funcionou. O Burnley foi amplamente dominante na segunda etapa, mantendo boa posse de bola e criando o maior número de chances, dez finalizações contra quatro do Leeds. Trabalhou a bola com paciência e fez boas combinações ofensivas. Porém, foi incapaz de criar oportunidades verdadeiramente perigosas de empatar a partida.

O Leeds, por sua vez, se fechou bem na defesa, sem se lançar ao ataque de maneira inconsequente. Teve ainda uma grande chance de alcançar o 2 a 0 aos 27 minutos, quando partiu em contra-ataque liderado por Pablo Hernández, que havia entrado minutos antes na vaga de Rodrigo. O espanhol, porém, atravessou todo o campo adversário e preferiu ele mesmo finalizar a jogada, ainda que tivesse ótimas opções de passe. Nick Pope se atirou no canto para fazer grande defesa.

O triunfo magro é importante ao Leeds, mas o impressionante mesmo é que tenham mantido um clean sheet, ou seja, saído de campo sem sofrer gols. Nas últimas quatro partidas, o número de tentos concedidos era alto: 13.

Com a vitória, o Leeds subiu por ora à 11ª colocação, ultrapassando o Wolverhampton, que enfrenta o Tottenham também neste domingo.

Classements proposés par SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo