Premier League

De Bruyne volta a brilhar no Manchester City, desta vez com Sané como companheiro

Kevin De Bruyne vem sendo o principal jogador do Manchester City nos últimos jogos e mais uma vez brilhou na nona rodada do Campeonato Inglês. A vitória por 3 a 0 sobre o Burnley veio de forma tranquila, com o belga tendo boa atuação e acumulando mais uma assistência. Seu companheiro, que brilhou no jogo, foi Leroy Sané. Titular, o alemão fez um gol e uma assistência na partida.

LEIA TAMBÉM: Manchester United pagou a conta pelo mau futebol com derrota para Huddersfield

O primeiro gol saiu aos 29 minutos do primeiro tempo. Em uma boa jogada pelo meio, Bernardo Silva recebeu e foi derrubado pelo goleiro. Sergio Kun Agüero cobrou bem e marcou 1 a 0. Foi o placar do primeiro tempo.

No segundo, Sané cobrou escanteio e o zagueiro Nicolas Otamendi, de cabeça, marcou 2 a 0, aos 18 minutos da etapa final. Dois minutos depois, De Bruyne fez um passe açucarado para Sané, na esquerda, avançar e chutar cruzado para fechar a conta em 3 a 0.

Guardiola ainda deixou Gabriel Jesus guardado como arma no banco de reservas, voltando a colocar Agüero como titular. O argentino se recuperava de lesão na coluna, depois de um acidente de carro. O brasileiro descansou.

Jesus ainda entrou no segundo tempo, já aos 31 minutos, para jogar os minutos finais da partida. Entraram também Yayá Touré no lugar de Fernandinho, aos 33, e Ilkay Gündogan no lugar de De Bruyne, aos 35.

Com muita tranquilidade, o Manchester City venceu mais uma e segue em primeiro lugar na tabela. São 25 pontos em nove partidas, com oito vitórias e um empate. O rival Manchester United, como foi derrotado, ficou cinco pontos atrás.

Com um futebol de tão bom nível, Kevin De Bruyne vai aos poucos se colocando entre os melhores da Europa. Pouco a pouco, galga espaço para estar entre os indicados inclusive de premiações individuais. Poucos jogadores são tão eficientes em dar assistências como o jogador da seleção belga.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo