O Southampton atravessa seu momento mais duro na temporada. Após um bom início na Premier League, em que chegaram a liderar, os Saints perderam fôlego neste início de ano e vinham de seis derrotas consecutivas no campeonato – incluindo os 9 a 0 do Manchester United. Neste sábado, o time de Ralph Hasenhüttl tinha um compromisso difícil, ao encarar o embalado Chelsea em St. Mary’s. E os donos da casa ao menos deram um sinal de recuperação. Contaram com um lindo gol do recém-contratado Takumi Minamino, para levar o satisfatório empate por 1 a 1.

Impulsionado pelo bom início de Thomas Tuchel à frente do clube, o Chelsea começou a partida no ataque. Porém, não era a atuação mais impetuosa dos Blues e o time encontrava dificuldades para superar a defesa dos Saints. Sem que os visitantes justificassem seu favoritismo, o Southampton abriu o aos 33 minutos. Nathan Redmond deu um ótimo passe em profundidade, por entre os zagueiros. Ainda assim, o melhor ficaria para Minamino. O japonês teve imensa frieza, fingindo o chute. A finta deixou no chão César Azpilicueta e Édouard Mendy, antes que o atacante mandasse às redes vazias.

No restante do primeiro tempo, o Chelsea não faria muito para empatar. Na melhor chance, o goleiro Alex McCarthy pegou a cabeçada firme de Kurt Zouma – que estava impedido. Somente no início da etapa complementar é que os Blues buscaram a igualdade. Aos nove minutos, Danny Ings derrubou Mason Mount na área. O meia cobrou o pênalti e deixou tudo igual. Esperava-se que os londrinos exercessem uma pressão maior com as alterações, mas isso não aconteceu. Callum -Odoi entrou no lugar de Tammy Abraham na volta do intervalo e só ficou 30 minutos em campo, sacado por Tuchel para a entrada de Hakim Ziyech

Lidando com muitos desfalques, o Southampton fez um jogo bastante contido, mais preocupado em estancar a sangria das partidas recentes. Ainda assim, poderia ter saído com o segundo gol, num em que Jannik Vestergaard acertou o travessão com uma cabeçada. Do lado do Chelsea, quem parecia mais disposto a tentar algo diferente era Mount. O meia voltou a exigir uma ótima defesa de McCarthy e era também o responsável por criar as principais jogadas. Apesar da insistência do camisa 19, os companheiros não ajudaram muito.

O Chelsea fica com sua posição no G-4 ameaçada depois do empate. A série de quatro vitórias seguidas é interrompida e o time pode ser ultrapassado por West Ham e igualado pelo Liverpool na sequência da rodada. É o quarto colocado, com 43 pontos. Já o Southampton está longe de brigar pelas copas europeias, com 30 pontos, no 13° lugar. A gordura acumulada de início pelo menos afasta os temores de por esse declínio recente.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore