Premier League

Com diversos casos de COVID-19 e lesões, jogo do Burnley contra o Leicester é adiado

Entre contaminados com a COVID-19 e lesionados, Burnley pediu o adiamento por não ter jogadores o bastante para o jogo e a Premier League aceitou. É o 20º jogo adiado na temporada

A Premier League informou que aceitou o pedido do Burnley para o adiamento do jogo contra o Leicester, que seria neste sábado, porque os Clarets não teriam jogadores suficientes para a partida, somando casos de COVID-19 e lesões. Segundo as regras da liga, o clube precisa ter ao menos 13 jogadores de linha e mais um goleiro disponível para o jogo ir adiante.

Foi o 20º jogo da Premier League que precisou ser adiado como consequência da COVID-19. O Burnley já teve jogos contra Watford, Aston Villa e Everton adiados em dezembro por casos da doença do Coronavírus entre os adversários. O jogo contra o Watford foi inclusive adiado para terça-feira, mas também já fica em risco para saber se o Burnley terá jogadores o bastante para a partida.

No último sábado, o Burnley foi eliminado da Copa da Inglaterra diante do Huddersfield com vários desfalques entre os jogadores do elenco e até o técnico, Sean Dyche, também contaminado com a COVID-19. Além disso, o clube ainda perdeu um jogador, Chris Wood, já que o Newcastle pagou a multa rescisória do atacante e contratou o neozelandês.

“A diretoria avalia pedidos para adiar partida caso a caso, baseado nas regras existentes e adaptou as recomendações relativas às COVID-19, implementada soba luz da nova variante, Ômicron”, diz comunicado da Premier League.

“A diretoria irá analisar diversos fatores, incluindo a capacidade do clube colocar um time em campo, o status, a gravidade e impacto potencial do surto de COVID-19 no clube, a capacidade dos jogadores se se prepararem de modo seguro e jogarem a partida. A diretoria deve considerar os riscos maiores ao adversário e outras pessoas que os representantes do clube podem ter contato”.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo