Premier League

City volta a vencer rapidinho e segue em ótimo ritmo para defender seu título inglês

Antes da pausa da Premier League, o City havia tropeçado pela primeira vez após 12 vitórias consecutivas pela Premier League

O Manchester City não permitiu que os seus perseguidores se animassem com o empate com o Southampton na última rodada do Campeonato Inglês e voltou a ganhar nesta quarta-feira, com um pênalti e um gol de Kevin de Bruyne após erro do goleiro David Raya lhe dando a vitória por 2 a 0 sobre o Brentford no Etihad Stadium.

O tropeço em janeiro, antes da pausa de inverno da Premier League, foi o primeiro do City depois de 12 vitórias consecutivas pela liga inglesa, a qual lidera agora com 12 pontos de vantagem para o segundo colocado Liverpool, que tem duas partidas a menos. O Chelsea, com as mesmas 24 rodadas disputadas, está a 13.

De volta à Premier League após 74 anos, o Brentford foi uma boa novidade no começo da temporada, com vitória sobre o Arsenal e empate com o Liverpool, mas está em má fase, agora com cinco derrotas seguidas e sete nas últimas oito rodadas. A zona de rebaixamento está a apenas seis pontos de distância.

David Raya havia errado a saída de bola no primeiro tempo também, mas De Bruyne estava impedido no toque de cabeça de Mahrez. Foden teve uma boa chance de cabeça e Raya saiu na hora certa para interceptar um ótimo passe do argelino que encontraria Sterling na pequena área. Na bola parada, Aymeric Laporte matou no peito dentro da área e tentou o chute rasteiro no canto oposto, mas mandou para fora, tirando tinta da trave.

Como tem sido costume nesta temporada, o Manchester City sofreu muito pouco na defesa, mantendo uma posse de bola altíssima – 75% no primeiro tempo – e encontrou a chance de abrir o placar por meio de um pênalti. A pressão funcionou para recuperar a bola rapidamente na entrada da área e Sterling arrancou. Mads Rasmussen o derrubou com um carrinho inconsequente, e Mahrez botou a bola na rede.

O Brentford conseguiu alguns ataques no fim do primeiro tempo, mas suas esperanças foram dirimidas aos 23 minutos da etapa final, quando Raya cometeu um erro imperdoável na saída de bola. Tocou para a frente da área, onde Mathias Jensen estava cercado por dois jogadores do City. Um deles, Sterling, interceptou, entrou na área e perdeu um gol feito. Raya se redimiu com a defesa, mas o rebote sobrou para De Bruyne ampliar.

O Manchester City administrou bem o restante do jogo e continua caminhando a passos largos para defender o seu título inglês.

.

.

Standings provided by SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo