Premier League

City põe uma mão na taça da Premier League com vitória tranquila de sua equipe reserva contra o Palace

Mesmo com apenas três titulares em campo, Sky Blues mantiveram alto nível para garantir mais um triunfo

Às vésperas de seu jogo de volta pelas semifinais da Champions League contra o PSG, o Manchester City visitou o Crystal Palace com uma equipe quase toda reserva, apenas com Ederson, Cancelo e Rodri de titulares. Em uma demonstração de sua incrível profundidade de elenco, os Sky Blues venceram o Palace sem dificuldades, por 2 a 0, e se aproximaram ainda mais do título da Premier League, que pode ser garantido já neste final de semana.

Com uma equipe quase toda reserva, mas ainda assim cheia de qualidade, o Manchester City manteve seu padrão de jogo de controle da posse de bola no primeiro tempo, mas sem transformar isso em grandes chances de gol. Na melhor trama ofensiva da primeira etapa, aos 21 minutos, Mendy cruzou baixo para o centro, Agüero fez o corta-luz e correu para a área, recebeu de primeira de Gabriel Jesus e tentou o passe quando o chute talvez fosse a melhor opção, possibilitando a interceptação do Palace.

Aos 36, Jesus chegou a balançar a rede com uma bonita finalização de primeira após cruzamento de Fernandinho, mas o atacante estava em posição de impedimento, e o gol não foi validado.

Do outro lado, o Palace levou perigo aos 28 minutos em boa jogada coletiva pela direita. Townsend tabelou com Eze, tocou para o lateral Ward, que entrava em diagonal pela área, e o defensor tentou o passe para o meio. Rodri afastou inicialmente, mas em cima de Benteke, que girou rápido e tentou o chute, parando em boa defesa de Ederson.

No segundo tempo, o domínio do City permaneceu, desta vez com maior capricho na criação de jogadas e em sua definição. Em um intervalo de dois minutos, os Sky Blues construíram a vitória no Selhurst Park. Aos 12 da segunda etapa, Mendy cruzou baixo para Agüero, que dominou na entrada da área e bateu de peito de pé para marcar um bonito gol. Aos 14, em ataque rápido, a bola passou por Agüero, Jesus e Sterling, até a definição de Ferrán Torres, de esquerda, sem chances para Guaita.

O Palace não esboçou uma reação, e foi o City que esteve mais perto de marcar novamente. Aos 17, Sterling recebeu de Gabriel Jesus e carimbou a trave de Guaita. Mais tarde, aos 29 minutos, Sterling passou em profundidade para Torres, que ajeitou de calcanhar para um chute perigoso de Cancelo de fora da área, mas a bola passou por cima do ângulo direito superior do gol do Palace.

Classements proposés par SofaScore LiveScore

Com o triunfo por 2 a 0, o City abriu 13 pontos para o segundo colocado, o Manchester United, que enfrenta o rival Liverpool neste domingo (2). Em caso de derrota do United, os Sky Blues se sagrariam campeões da Premier League ainda neste final de semana, a quatro rodadas do fim do campeonato.

Independentemente do resultado do clássico de domingo, o título inglês do City é apenas questão de tempo. Mesmo dividindo suas atenções com a Champions League, em que está a um passo de chegar à final, a equipe de Pep Guardiola segue mostrando capacidade de sustentar as duas disputas. Com reservas como Sterling, Torres, Agüero, Fernandinho e Laporte, não é difícil entender por quê.

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo