Premier League

Chelsea venceu Arsenal com gols de quem precisa mostrar serviço: Willian e Bastshuayi

O Chelsea levou a sério o amistoso que fez contra o Arsenal neste sábado, em Pequim, e venceu com facilidade por 3 a 0. Isso fica claro quando se olha o time que os azuis de Londres levaram a campo. Tirando Diego Costa, que não deve jogar mais pelo clube, e Eden Hazard, o time escalado por Antonio Conte foi o mais forte possível. E foram justamente os substitutos destes titulares que decidiram o jogo, marcando os gols: Michy Batshuayi e Willian.

LEIA TAMBÉM: O Chelsea tem um novo centroavante, mas Morata levanta mais questões que certezas

Willian tenta recuperar o espaço no time que tinha na época de José Mourinho. Com Antonio Conte, foi titular no início da campanha e perdeu um pouco de espaço quando teve que ficar ausente, pela morte da sua mãe. Também teve uma lesão que o tirou de alguns jogos. Pedro se firmou no time e Willian se tornou uma boa opção vindo do banco. Continuou sendo importante e entrando bem, mas com menos minutos.

Willian, então, tenta mostrar que pode ser sim titular. Marcou um belo gol de uma forma bastante característica: puxou para o meio, vindo da esquerda, e colocou no cantinho do goleiro Ospina, que viu a bola bater na trave e entrar, sem chance de defesa. Depois, foi a vez de Batshuayi, pouco depois, tocar de pé esquerdo, colocado, vindo da direita, como se fosse um gol espelhado de Willian. Os 2 a 0 foram o placar do intervalo.

No segundo tempo, Batshuayi marcou mais um, novamente em um grande chute. Desta vez, porém, na foi colocado: uma bomba da entrada da área, novamente com o pé esquerdo. O belga, contratado por € 39 milhões em 2016, nunca conseguiu corresponder às expectativas na última temporada. Quando o Chelsea não teve Diego Costa, sofreu muito e jogou muitas vezes sem um centroavante de ofício.

Com Batshuayi bem, o Chelsea ganha uma opção no banco, porque claramente Alvaro Morata foi contratado por € 65 milhões para ser o camisa 9 titular. Com mais competições sendo disputadas nesta temporada, já que o Chelsea volta à Champions League, Batshuayi pode ser importante. Como Willian já é. A diferença é que Willian mira o time titular e tem boas condições de conseguir, porque a concorrência com Pedro é bastante equilibrada.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo