Premier League

Bruno Guimarães inaugurou sua contagem pelo Newcastle com um sensacional gol de calcanhar, para dar a virada contra o Southampton

Titular pela primeira vez na ausência de Joelinton, o meio-campista emendou um acrobático coice na bola, mas precisou deixar o campo lesionado

Bruno Guimarães chegou ao Newcastle sob enormes expectativas, mas o técnico Eddie Howe lança o meio-campista gradualmente na equipe. O novo reforço saiu do banco em suas três primeiras aparições e, apesar dos poucos minutos, teve seus lampejos. Nesta quinta-feira, com a ausência de Joelinton por lesão, o camisa 39 apareceu pela primeira vez como titular na Premier League. Agradeceria a oportunidade com um gol espetacular, que garantiu a vitória por 2 a 1 sobre o Southampton, em St. Mary’s. Seu primeiro tento pelos Magpies foi uma pintura, com um lindíssimo toque de calcanhar, embora a substituição por contusão minutos depois tenha sido uma má notícia.

O Newcastle começou melhor a partida e contava com grande participação de Bruno Guimarães pelo lado esquerdo, com alguns lances de classe e a primeira finalização da equipe. Porém, o Southampton saiu em vantagem aos 25 minutos. Kyle Walker-Peters pedalou pela esquerda e cruzou para o segundo pau, onde Mohamed Elyounoussi ajeitou. No meio da área, Stuart Armstrong completou para as redes. Pelo menos o empate dos Magpies não tardou. Aos 32, Jonjo Shelvey cruzou e Chris Wood saltou para a cabeçada nas redes. Os Saints ainda ficaram a um triz do segundo, com Armstrong carimbando a trave.

E o bom primeiro tempo de Bruno Guimarães seria mais valorizado pelo gol fantástico aos sete minutos da segunda etapa. Depois da cobrança de escanteio, Dan Burn ajeitou de cabeça para o meio da área. O brasileiro estava no lugar certo para meter um coice na bola e anotar um golaço de calcanhar. Belíssima maneira de inaugurar sua contagem pelo novo clube. A torcida visitante, que já cantava seu nome antes do gol, tinha mais motivos para confiar no jovem.

Em meio ao abafa, o Newcastle insistiu pelo segundo e teria outra chance com Bruno Guimarães, agora bloqueada. No entanto, o meio-campista saiu do jogo aos 21 minutos, depois de sentir dores. A sequência da partida teria o controle do Southampton, mas com dificuldades para criar chances de início. A pressão aumentou depois dos 30 minutos e os Saints ameaçaram seguidamente a meta de Martin Dubravka. Todavia, os Magpies conseguiram se segurar. Já aos 44, Dubravka realizou uma grande defesa em cabeçada de Mohammed Salisu. Nem a blitz nos acréscimos, com seguidas tentativas, alterou o placar.

O Newcastle chega aos 31 pontos na Premier League, pegando um elevador na tabela, em 14°. A equipe de Eddie Howe emenda nove rodadas de invencibilidade, com seis vitórias neste intervalo. Já o Southampton sofre a segunda derrota seguida, depois de uma série positiva recente. Os Saints estão no décimo lugar, com 35 pontos.

Standings provided by SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo