Premier League

Arsenal domina o Newcastle e encerra o mês de fevereiro com 100% de aproveitamento na Premier League

Comandados de Arteta goleiam o Newcastle por 4 x 1 na tarde deste sábado em Londres

O Arsenal deu mais um show de bola neste mês de fevereiro, super produtivo do clube na Premier League. Na tarde deste sábado, os comandados de Mikel Arteta golearam o Newcastle pelo placar de 4 x 1 e agora estão a dois pontos de distância para o líder Liverpool. Os gols dos Gunners foram marcados por Botman (contra), Havertz, Saka e Kiwior, enquanto Joe Willock diminuiu o marcador em favor dos Magpies.

Em uma jornada pouco inspirada do time treinado por Eddie Howe, o Newcastle foi presa fácil ao Arsenal, que motivado pelos resultados recentes na Premier League, encerrou o mês de fevereiro com 100% de aproveitamento na competição nacional. Vale lembrar que pela Champions League, o time londrino foi derrotado no meio de semana pelo placar de 1 x 0 em jogo válido pela ida das oitavas de final da competição.

Neste segundo mês de 2024, o Arsenal em jogos da Premier League disputou quatro jogos e venceu todos, sendo 3 x 1 diante do Liverpool, 6 x 0 frente ao West Ham, 5 x 0 diante do Burnley, além da goleada deste sábado. Ao todo o time marcou 23 gols e sofreu apenas dois neste período.

Arsenal domina e abre dois de vantagem no primeiro tempo

Logo no primeiro minuto do jogo, Saka teve grande chance de abrir o marcador no Emirates Stadium, mas acabou finalizando mal e para fora do gol. Seis minutos mais tarde, o mesmo Saka teve nova oportunidade, mas parou em boa defesa do goleiro Karius. Aos nove minutos foi a vez de Rice ter a chance para abrir o marcador em favor dos Gunners, mas parou em nova intervenção do goleiro do Newcastle.

Dominando o jogo nos primeiros 15 minutos de partida, o time londrino ainda teve chances boas de abrir o placar com os brasileiros Gabriel Martinelli, que errou o alvo e com Gabriel Magalhães, parado por Karius, que foi um dos principais nomes do primeiro tempo com boas defesas. De tanto pressionar, o Arsenal conseguiu finalmente o seu primeiro gol no jogo na marca dos 18 minutos da etapa inicial por intermédio de Botman, zagueiro do Newcastle que marcou contra o patrimônio.

Após cobrança de escanteio de Saka, Gabriel Magalhães cabeceou com perigo, Karius salvou mais uma vez e na sobra, o zagueirão dos Magpies mandou contra o próprio gol. O Arsenal seguia pressionando, jogando com tranquilidade e chegou ao seu segundo gol aos 23 minutos do primeiro tempo. Jorginho fez um bom lançamento para Gabriel Martinelli, que cruzou para Kai Havertz, tranquilo e calmo, para mandar a bola para o fundo do gol.

Gabriel Martinelli, aos 34 minutos do primeiro tempo e Saka, três minutos mais tarde, tiveram chances de aumentar ainda mais a vantagem dos Gunners, mas falharam na finalização. Pelo volume de jogo imposto nos primeiros 45 minutos de jogo, não seria nada absurdo considerar que o time londrino poderia sair da etapa inicial de jogo com uma vantagem de pelo menos três ou quatro gols de diferença, tamanha quantidade de chances perdidas.

Gunners melhoram a pontaria e concretizam goleada

Logo no primeiro minuto do segundo tempo, Kai Havertz teve a chance de marcar o terceiro gol do Arsenal, saiu cara a cara com o goleiro, mas mandou a bola pela linha de fundo. Aos três minutos, Anthony Gordon teve a chance de marcar o primeiro gol do Newcastle no jogo, abriu para a perna direita pelo lado esquerdo da área, mas chutou sem muita força, facilitando a defesa do goleiro do Arsenal.

Isak teve mais uma grande chance para marcar o primeiro gol do Newcastle, que mais atento no jogo, esteve melhor nos primeiros 16 minutos da etapa complementar. O atacante sueco foi lançado dentro da área pela esquerda, mas acabou pegando muito embaixo da bola e mandou pela linha de fundo.

Contra um time como o Arsenal, principalmente jogando na casa dos Gunners, não dá para perder as chances que os Magpies perderam e o time comandado por Mikel Arteta puniu a falta de eficiência do adversário e aumentou a vantagem com um golaço de Bakayo Saka. O garoto foi lançado pelo lado direito após saída errada da defesa do Newcastle, se livrou como quis da marcação e chutou cruzado, para aumentar ainda mais a vantagem no Emirates Stadium.

Estava muito fácil e Kiwior fez questão de aumentar o show no Emirates Stadium. Após cobrança de escanteio pelo lado dmireito, o zagueiro alemão apareceu na primeira trave e mandou a bola para o fundo do barbante, anotando o quarto do time londrino no jogo.

O torcedor do Newcastle evidentemente estava triste com o que via em campo, não só pela dura derrota e domínio que via seu time sofrer em campo, mas também pela longa viagem que fez, do norte da Inglaterra até Londres para acompanhar ao jogo. Os Magpies então resolveram entregar ao menos um presente aos seus fãs marcando o gol de honra aos 39 minutos. Appós linda jogada de Dan Burn pelo lado esquerdo, Joe Willock tocou bonito de cabeça para diminuir o marcador em Londres.

Aos 47 minutos, Smith Rowe teve uma chance clara para marcar o quinto gol do Arsenal e aumentar ainda mais a goleada em favor dos Gunners. O camisa dez recebeu na entrada da pequena área e chutou no canto esquerdo do goleiro Karius, que já estava batido. Mas aí apareceu o pé salvador de Dan Burn, que evitou o gol na última grande jogada do jogo em Londres.

Foto de Lucas de Souza

Lucas de Souza

Esse é Lucas de Souza, redator e repórter do Futebol na Veia e da Trivela. Jornalista especializado em Marketing digital é também narrador do Portal Futebol Interior e da RP2Marketing.
Botão Voltar ao topo