Premier League

Arsenal acorda no segundo tempo, bate Brighton e vence duas seguidas no Inglês pela primeira vez desde setembro

Buscando dar sequência à importante vitória por 3 a 1 sobre o Chelsea na rodada passada, que colocou fim a uma marca negativa de sete jogos sem triunfos na Premier League, o Arsenal foi a Brighton nesta terça-feira (29). Depois de um primeiro tempo estéril e sem criatividade, a equipe de Mikel Arteta despertou no segundo tempo, e o substituto Alexandre Lacazette marcou em seu primeiro toque na bola para determinar a vitória por 1 a 0 aos londrinos.

Se o Brighton foi a campo com seis alterações em relação à equipe que havia empatado com o West Ham em 2 a 2 há dois dias, o Arsenal, com um dia a mais de descanso, fez apenas uma mudança, com a entrada de Aubameyang no lugar de Lacazette, repetindo o trio de armação jovem formado por Martinelli e Saka pelos lados e Smith-Rowe mais centralizado.

O primeiro tempo dos Gunners foi extremamente pobre, com apenas uma finalização, uma cobrança de falta de Xhaka para fora apenas aos 28 minutos. O Brighton não foi muito mais brilhante, mas teve suas oportunidades. Aos 16, Burn levou perigo de cabeça após cobrança de escanteio. Aos 36, Mac Allister aproveitou passe errado de Elneny na defesa e tentou acertar o ângulo, mas mandou para fora. No minuto seguinte, Alireza Jahankbash recebeu do brasileiro Bernardo dentro da área e arriscou o chute baixo, mas parou em defesa de Bernd Leno.

A conversa de Mikel Arteta no intervalo surtiu efeito, e o Arsenal apresentou 15 minutos de bastante qualidade na volta do vestiário. Logo aos cinco minutos, criou grande chance em jogada iniciada por Martinelli, que tocou em profundidade para Saka, deslocado momentaneamente pela esquerda. O garoto então cruzou baixo para Aubameyang, que pegou certinho na bola, mas foi impedido por excelente defesa de Robert Sánchez.

Dois minutos mais tarde, Smith-Rowe foi quem caiu pela esquerda, se livrou da marcação com bons dribles curtos e tocou para Martinelii. Dentro da área, o brasileiro abriu para a perna direita e bateu com qualidade, mas a bola passou por cima do ângulo esquerdo do gol do Brighton.

Aos 21 minutos, Arteta decidiu sacar Martinelli e colocar Lacazette, autor de um dos gols da vitória sobre o Chelsea no Boxing Day. De imediato, o francês justificaria a decisão. Saka recebeu a bola no centro do campo, de costas para a marcação, girou rápido e avançou em velocidade. Já dentro da área, pela direita, tocou para Lacazette. O francês, livre, dominou e bateu para fazer 1 a 0 em seu primeiro toque na bola.

Graham Potter foi atrás do empate e promoveu a entrada de Maupay e Solly March, titulares, nos lugares de Mac Allister e Pröpper. Apesar da boa intenção, não conseguiu colocar fogo no jogo, que ficou bastante morno após o gol dos Gunners.

Com a vitória, o Arsenal chegou à sua segunda vitória consecutiva na Premier League. Esta é apenas a segunda vez na temporada que os Gunners conseguem isso, e a primeira aconteceu apenas nas duas primeiras rodadas, quando venceu Fulham e West Ham, ainda em setembro. Os três pontos alavancaram de leve os londrinos na tabela, subindo momentaneamente para a 13ª colocação.

O nível de jogo apresentado não foi exatamente fonte de inspiração para as semanas a seguir, mas, no momento que vive o clube, conquistar vitórias magras já é uma enorme conquista e pode ser a base sobre a qual o time pode construir uma reação mais contundente e estável.

Classements proposés par SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo