InglaterraPremier League

Os números que fazem da PL a liga mais internacional da Europa

Entre as ligas europeias, a Premier League é a mais “internacional” de todas. Nesta temporada, 67 nacionalidades serão representadas na competição, com 66,7% de jogadores estrangeiros. Além disso, com a contratação do queniano Victor Wanyama, o torneio já contou com atletas de 104 países diferentes desde a sua criação, em 1992.

Para representar a presença internacional na Premier League, o Sporting Intelligence elaborou um gráfico bem interessante. O site produziu um mapa mundi no qual a quantidade de jogadores determina o tamanho dos países. Obviamente, a Inglaterra é o maior, mas é interessante observar a representatividade de França e Espanha, que se firmaram como maiores exportadores.

São 32 espanhóis e 32 franceses na Premier League, sendo que 14 dos ibéricos chegaram apenas nesta janela de transferências. Logo depois, vêm os jogadores dos outros países do Reino Unido e os irlandeses. Já entre os não-europeus, o Brasil é o mais representado, com 14 atletas, nono colocado no geral.

Entre os clubes, o mais internacional é o Fulham, com 19 estrangeiros, seguido por Manchester United e Everton, ambos com 17. O Norwich, por sua vez, é o que preserva maior essência local, com apenas nove estrangeiros. Curiosamente, o galês Cardiff City é o que conta com maior número de ingleses, 16 ao todo.

Confira o infográfico da Sporting Intelligence e outros dados:

PL-of-nations-13-14-map

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo