InglaterraPremier League

Para David Silva, é mais fácil enfrentar times grandes do que os pequenos

O Manchester City é um dos melhores times da Premier League, disputando a liderança ponto a ponto com o Chelsea. A diferença do City para o rival está em três pontos, mas poderia ter sido diminuída para dois se tivesse vencido o Burnley, na última rodada do primeiro turno, no domingo. O empate por 2 a 2 em casa frustrou os torcedores e gerou críticas, mas o meia David Silva, um dos melhores jogadores do time, especialmente nas últimas partidas, deu uma justificativa curiosa. Para ele, é mais fácil enfrentar times da parte de cima da tabela do que os da parte de baixo.

VEJA TAMBÉM: City e Chelsea têm campanhas quase idênticas na Premier League em 2014

“Algumas pessoas olharam nosso calendário nas últimas semanas e disseram que nós deveríamos vencer todos eles, mas o futebol não funciona dessa forma”, declarou o jogador. “É um clichê, com certeza, mas o Burnley provou, todo jogo é difícil na Premier League e é uma temporada longa”, continuou o espanhol.

“Qualquer time pode te vencer se você não estiver no seu melhor e eu acredito que jogar contra times que estão lutando para melhorar de fase e estão perto do fundo da tabela é pior do que enfrentar times perto do topo porque eles jogam qualquer jogo como se fosse o último deles na temporada”, analisou o meio-campista. “Nós apenas precisamos voltar às vitórias rapidamente e não debruçar demais no resultado contra o Burnley”, declarou ainda o camisa 21 do Manchester City.

Contra os times grandes ou que estão no alto da tabela, o Manchester City só perdeu uma vez. Mas também não dá para dizer que são jogos que o time vai tão melhor assim. Contra o Liverpool – que é grande, mas não está no alto da tabela -, vitória pro 3 a 1, ainda no início da temporada. Contra o Arsenal, empate por 2 a 2. Contra o rival Manchester United, a primeira vitória: 1 a 0. Contra o surpreendente Southampton, vitória por 2 a 0. Contra outra surpresa, o West Ham, a única derrota, 2 a 1. Um aproveitamento de pontos bom, mas nada excepcional.

O futebol do Manchester City nesta temporada é bom, mesmo quando os resultados não tenham sido tão bons em alguns momentos – a classificação sofrida na Champions League talvez seja o maior exemplo disso. Mas o time tem futebol para vencer ainda mais. Com metade da temporada disputada na Inglaterra, o Manchester City parece o único time capaz de encarar o Chelsea na batalha pelo título. Só precisa deixar de lado as desculpas.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo