Copa da InglaterraInglaterraPremier League

Oxford relembrou sua tradição, peitou o Swansea e foi a grande surpresa da rodada na FA Cup

A Copa da Inglaterra é um prato cheio para quem gosta de boas histórias. As curiosidades em um dos torneios mais plurais do mundo começam logo nas fases preliminares. E se seguem especialmente com as surpresas que pintam pelo caminho. Neste domingo, o Oxford United pôde sentir um gostinho de seus grandes momentos. Dono de duas participações na primeira divisão, nos anos 1980, o clube despencou na virada do século e sofreu três rebaixamentos entre 1999 e 2006. Atualmente, vive uma realidade bem mais modesta, na quarta divisão. Mas conseguiu ferir o orgulho do Swansea e causar o furor no Estádio Kassam, com a vitória por 3 a 2 que eliminou os galeses.

O início do jogo até poderia indicar uma vitória fácil do Swansea. O clube da Premier League abriu o placar aos 23 minutos, em assistência de letra de Marvin Emnes que terminou em gol de letra de Jefferson Montero. Parecia que a péssima fase dos visitantes, beirando o rebaixamento na primeira divisão e com apenas duas vitórias nos últimos 18 jogos, ia ficar para trás na Copa da Inglaterra.

Todavia, a reação do terceiro colocado da League Two começou pouco antes do intervalo. O Oxford buscou o empate em cobrança de pênalti de Liam Sercombe. Já na segunda etapa, Kemar Roofe se tornou o herói, graças a um belo chute de fora da área e a um contra-ataque fulminante. Anotou dois gols que deram a virada e a vantagem confortável aos anfitriões. O Swansea ainda tentou voltar para o jogo, com o segundo gol, de Bafetimbi Gomis. Mas a reação parou por aí.

Tão marcante quanto a classificação foi a comemoração nas arquibancadas do Estádio Kassam, com capacidade para 12,5 mil espectadores. Mais do que ver um feito de seu time, boa parte dos presentes teve a chance de reviver a sensação de bater um time de primeiro nível. Por enquanto, o Oxford é um dos dois clubes da quarta divisão confirmados nos 16-avos de final da Copa da Inglaterra – ao lado do vencedor do duelo entre Carlisle United e Yeovil Town. Mas já teve o seu título, ao conquistar a vitória mais marcante da fase principal do torneio até o momento. Pode sonhar um pouco mais nas próximas etapas.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo