InglaterraPremier League

Os craques da Premier League: quem será eleito o melhor?

Campeonato nacional mais rico do mundo, a Premier League também conta com algumas das premiações mais prestigiadas. A principal delas é oferecida pela Professional Footballers Association, entidade que representa os jogadores e que anualmente escolhe o craque da temporada. E, nesta sexta, os candidatos à condecoração foram anunciados: Robin van Persie, Gareth Bale, Luis Suárez, Michael Carrick, Juan Mata e Eden Hazard.

O favoritismo fica entre Suárez, o artilheiro; Van Persie, o atual vencedor; e Bale, eleito em 2010/11. Geralmente, a escolha feita junto aos atletas gera controvérsia, já que é concluída antes do fim do campeonato. Com o título encaminhado do Manchester United, contudo, a margem de erro deve ser menor.  Surpresa apenas é a ausência de jogadores do Manchester City, provável vice-campeão. Yaya Touré, pela regularidade, caberia muito bem no lugar de Hazard, nome mais contestável da lista. Santi Cazorla, do Arsenal, era outro nome mais compreensível.

Nas próximas linhas, acompanhe as justificativas para a indicação de cada um dos jogadores, bem como seus números e suas melhores apresentações na competição. Uma disputa claramente concentrada em três nomes.

Luis Suárez

Não foram poucos os momentos em que o atacante carregou o Liverpool nas costas nesta Premier League. Artilheiro da competição, o uruguaio participou diretamente de 54,2% dos gols dos Reds na competição – mandando a bola para as redes 22 vezes e servindo dez assistências. Tudo bem que o camisa 7 não é dos melhores exemplos de caráter, mas ninguém pode reclamar de seu espírito de luta em campo, dando suor a cada jogada.

Gols de Suárez na Premier League
Gols de Suárez na Premier League

Uma atuação: Norwich 2×5 Liverpool. Pode não ter sido o adversário mais complicado, mas como Suárez gosta de enfrentar os Canaries. Foram três gols e uma assistência em Carrow Road desta vez, em uma das poucas partidas em que os torcedores dos Reds se empolgaram com o time.

Uma estatística: 5,7 finalizações por jogo. Apenas Cristiano Ronaldo finaliza mais que Suárez entre as cinco principais ligas europeias. O uruguaio representa 29,4% dos arremates dos Reds. Não à toa, é o jogador mais efetivo da equipe.

 

 

Gareth Bale

Outro jogador que fez seu time parecer, muitas vezes, o exército de um homem só. Bale cresceu demais de produção sob o comando de André Villas-Boas, tendo mais liberdade para atacar e até mesmo atuando centralizado. Consequentemente, esta é sua temporada mais produtiva ofensivamente, somando 17 gols e sete assistências. O galês ainda concorre ao prêmio de melhor jovem da Premier League.

Gols de Bale na Premier League
Gols de Bale na Premier League

Uma atuação: Manchester United 2×3 Tottenham. A maior prova de força dos Spurs aconteceu em Old Trafford, graças a atuação impecável de Bale. Como sempre decisivo à equipe, participou dos três tentos, marcando um deles e dando passe para os dois outros.

Uma estatística: 17 gols. O número excepcional de Bale o coloca como meio-campista com mais gols entre as cinco principais ligas europeias. Entre a 24ª e a 28ª rodada da Premier League, o galês chegou ao cúmulo de anotar sete dos nove tentos do Tottenham, garantindo 13 pontos em 15 possíveis.

 

Robin van Persie

Sem dúvidas, a melhor contratação da temporada. Os € 30 milhões pagos por Van Persie se mostraram até mesmo uma pechincha, ainda mais pela produtividade do holandês no primeiro semestre. Homem de confiança de Ferguson, tirou o prestígio até mesmo de Wayne Rooney e impulsionou o time principalmente entre novembro e janeiro, quando marcou 10 gols em 10 partidas e permitiu a arrancada no topo da tabela.

Finalizações de Van Persie na Premier League
Finalizações de Van Persie na Premier League

Uma atuação: Southampton 2×3 Manchester United. Em sua segunda partida como titular na PL, Van Persie conquistou a torcida em definitivo. Perdeu um pênalti, mas anotou um hat-trick para garantir a vitória aos 48 minutos do segundo tempo.

Uma estatística: 16,9% de suas finalizações terminam nas redes. O número foi bem melhor antes do jejum de gols recente, mas Van Persie costuma ser letal quando tem uma oportunidade de marcar.

 

 

 

Juan Mata

Apesar da queda de produção do Chelsea após a ótima largada no campeonato, Juan Mata manteve a regularidade. O camisa 10 é o jogador que mais participa dos gols do time, somando 10 tentos e 11 assistências. E, assim como já aconteceu em seu primeiro ano em Stamford Bridge, o espanhol tem todos os motivos para ser eleito o melhor jogador dos Blues na temporada – posto pelo qual deve concorrer com Frank Lampard.

Chanches criadas por Mata na Premier League
Chanches criadas por Mata na Premier League

Uma atuação: Tottenham 2×4 Chelsea. A sétima vitória do Chelsea em oito rodadas foi comandada pelo camisa 10. Mata tinha sido poupado nos primeiros jogos da temporada, após participar das Olimpíadas, mas retomou a titularidade para destruir os Spurs. O meia anotou dois gols e ainda deu passe para outro em White Hart Lane.

Um número: 11 assistências. Nenhum outro jogador da Premier League supera Mata como garçom. A melhor exibição no quesito aconteceu contra o Stoke City, quando deixou os companheiros em condições de marcar três vezes.

 

Michael Carrick

Carrick tomou conta do deficiente meio-campo do Manchester United. O volante só esteve ausente em uma partida, fazendo muito bem seu papel de dar proteção à defesa. Além disso, o camisa 16 ainda quebrou o galho de Sir Alex Ferguson algumas vezes e atuou como zagueiro. Para a próxima temporada, o inglês deve esperar que o técnico retribua o favor e traga um bom companheiro para atuar ao seu lado na cabeça de área.

Passes de Carrick na Premier League
Passes de Carrick na Premier League

Uma atuação: Manchester United 4×3 Newcastle. A vitória suada sobre os Magpies foi proporcionada pelo papel decisivo do volante. Foi quem mais tocou a bola, quem mais desarmou, quem mais interceptou e deu assistências para dois dos gols dos Red Devils.

Uma estatística: 2442 passes. Carrick é o jogador que mais toca a bola entre as cinco maiores ligas europeias, embora seja o sexto na média. Fundamental na composição defensiva, o inglês também é muito eficiente na saída de jogo e ainda cria oportunidades para os companheiros – são 34 passes para finalização na Premier League.

 

Eden Hazard

Hazard foi bem em sua temporada de estreia na Premier League, mas talvez não o suficiente para justificar sua indicação ao prêmio. Assim como o restante do time do Chelsea, iniciou a campanha voando, marcando gols e criando chances aos companheiros. Mas se perdeu com a queda do time, ainda que se mantivesse intocável entre os titulares. Também concorre ao título de melhor jovem.

Duelos de Hazard na Premier League
Duelos de Hazard na Premier League

Uma atuação: Chelsea 2×0 West Ham. Mesmo tendo sido um ponto fora da curva em suas atuações no segundo turno, a partida contra os Hammers animou a torcida azul. O belga foi bastante incisivo pelos lados do campo, apostando nos dribles e abrindo espaços. Deu o passe para o gol de Lampard e também deixou sua marca, em bela jogada individual.

Uma estatística: 2,3 faltas sofridas por jogo. Hazard pode valorizar em muitos momentos, mas geralmente é alvo das botinadas adversárias. Rápido e driblador, é alvo constante das faltas. Três delas, dentro da área e que resultaram em gols aos Blues.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo