Inglaterra

O Bristol City tem um zagueiro com 15 gols na temporada e muito carismático

Há jogadores de defesa que passam a carreira inteira sem o gostinho de comemorar um gol, mas esse certamente não é o caso de Aden Flint, um zagueiro de 25 anos do Bristol City, campeão da terceira divisão inglesa. Ele terminou a temporada com 15 gols na sua conta, inclusive três na partida final da League One, goleada por 8 a 2 sobre o Walsall, e um na decisão da Copa Johnstone’s Paint, em Wembley, contra o mesmo clube.

LEIA MAIS: Sabe por que os torcedores do Hartlepool fantasiaram-se de Bob Marley? Tradição

Qual o segredo para um zagueiro marcar tantos gols, geralmente em jogadas de bola parada? Treinamento, certamente, mas, também, segundo o próprio Flint, um pouco de sorte. “Eu apenas estou no lugar certo na hora certa para completar todas as bolas que os rapazes me entregam”, disse, depois da vitória por 2 a 0 sobre o Walsall na final da Copa, o primeiro título que o Bristol comemorou na temporada. O segundo foi o da terceira divisão.

E a campanha terminou em grande estilo, com o 8 a 2 sobre o Walsall, no qual Flint anotou a sua tripleta, a primeira da sua carreira – só faltava não ter sido, né?. “É inacreditável que ele tenha feito três gols”, afirmou o técnico do time Steve Cotterill. “Eu disse aos atacantes no final do jogo que eles deveriam estar envergonhados. Quando alguém como Aden Flint marca três vezes, eles têm que se perguntar por que não fizeram o mesmo”.

Além dos gols, Flint também empresta muito carisma para o Bristol City. Nesse vídeo produzido pelo clube, há os 11 primeiros gols dele na temporada, até a final de Wembley, e as comemorações são muito criativas.

Ele também tem uma boca afiada. Depois de vencer o seu ex-clube Swindon por 3 a 0, um repórter perguntou se ele gostaria de vê-lo subir à segunda divisão ao lado do Bristol. A resposta veio uma feição divertida: não, não.

Se você estiver se perguntando, Flint sabe defender, ou no mínimo, não compromete uma defesa bem montada. O Bristol City terminou a terceira divisão com apenas 38 gols sofridos em 46 partidas, a zaga menos vazada do campeonato. Foi campeão com 99 pontos, oito a mais que o MK Dons, e teve o segundo ataque mais produtivo, com 96 gols, muito graças ao seu zagueiro artilheiro.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo