InglaterraPremier League

Mão na taça: United evita a fadiga e dispara ainda mais

O Manchester United prometia uma goleada neste sábado. Invictos há 14 rodadas na Premier League, os Red Devils receberam o Reading, ameaçado pelo rebaixamento e vindo de quatro derrotas consecutivas. Obviamente, a equipe de Sir Alex Ferguson não desperdiçou pontos em Old Trafford, mas ficou a sensação de que faltou gana para esticar o placar além do 1 a 0 anotado.

Independente da falta de gols, o resultado impulsiona ainda mais o United ao título. Graças ao tropeço do Manchester City contra o Everton, o clube abre 15 pontos de vantagem para o segundo colocado, a nove rodadas do fim da competição. Já o Reading permanece em penúltimo, com 23 pontos, à frente do QPR apenas pelo número de gols marcados.

Escalado com vários reservas, o United não demonstrava tanto interesse na partida durante os primeiros minutos e via o Reading tomar iniciativa, mesmo que sem ameaçar o gol de David De Gea. Somente a partir dos 15 minutos é que os Red Devils passaram a se impor, arriscando principalmente de fora da área.

O gol inaugural viria aos 21, a partir de recuperação de bola de Rio Ferdinand. O zagueiro se mandou ao ataque e passou para Rooney na entrada da área. O chute ainda desviou na marcação, tirando o goleiro Stuart Taylor do lance. No entanto, o United voltaria a se acomodar e dar brechas ao Reading. A melhor oportunidade dos Royals veio em chute de longe de Hal Robson-Kanu, que passou a centímetros da trave.

Embora a bronca de Sir Alex Ferguson deva ter imperado no intervalo, o United demorou a pegar no tranco durante o segundo tempo. Os Red Devils só voltaram a ser incisivos por volta dos 15 minutos, só não ampliando porque Taylor fez boa defesa em falta cobrada por Robin van Persie – bastante apagado na maior parte do tempo, por sinal.

A partir de então, os anfitriões passaram a cozinhar o galo. O Reading até tentava rondar a área, mas a defesa do United mantinha a situação sob controle, enquanto o meio de campo gastava o tempo. Algumas cobranças de escanteio ainda fizeram que o United se aproximasse do gol adversário, mas sem grandes possibilidades de conversão.

Confira os jogos da 30ª rodada da Premier League:

Sábado, 16/mar
Everton 2×0 Manchester City
Aston Villa 3×2 Queens Park Rangers
Southampton 3×1 Liverpool
Stoke 0x0 West Bromwich
Swansea 0x2 Arsenal
Manchester United 1×0 Reading

Domingo, 17/mar
Sunderland x Norwich
Tottenham x Fulham
Chelsea x West Ham
Wigan x Newcastle

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo