InglaterraPremier League

Mancini coloca Cavani, Suárez e Falcao na mira do Man City

Roberto Mancini assegura que o Manchester City voltará forte no próximo mercado de transferências. O intuito do treinador é encontrar um substituto para Mario Balotelli e os Citizens começam a apontar sua mira para Edinson Cavani, Luis Suárez e Radamel Falcao García. Já Neymar está fora dos planos do italiano, tanto por seu estilo de jogo quanto pela falta de experiência.

“Eu gosto de Cavani, mas o mundo inteiro o quer. Existem grandes jogadores que podem substituí-lo, mas não sei o que vai acontecer. Luis Suárez joga por um time de primeira linha, como o Liverpool. Cavani joga pelo Napoli. Há também Falcao. Mas, novamente, todos os técnicos o desejam”, comentou Mancini, em entrevista ao jornal The Guardian.

“Neymar é um bom jogador. Ele é jovem. Eu não sei se ele está pronto para jogar na Inglaterra porque o futebol é totalmente diferente. Eu penso que ele irá para o Barcelona ou para o Real Madrid, onde o futebol é mais técnico. Mas Cavani e Falcao podem trabalhar na Inglaterra. Ambos possuem experiência e são bons o suficiente para jogar na Inglaterra”, completou.

O técnico admitiu que o principal problema do time na temporada foi sua atuação na janela de transferências: “É importante perceber que cometemos alguns erros, eu e os jogadores. Mas a primeira razão para isso é  que não fizemos o que deveríamos ter feito no mercado durante o início da temporada. Nós trabalhamos realmente mal”.

Entre suas falhas no mercado, o italiano apontou principalmente para a perda de Robin van Persie ao Manchester United: “Essa é a diferença. Apenas essa. Nós perdemos de 10 a 15 gols na temporada. Se nós marcássemos, diminuiríamos de oito a nove pontos de diferença. E Van Persie é jogador do United”.

Ainda sobre o desempenho ruim, Mancini se queixou do comportamento dos atletas, criticando principalmente Samir Nasri e Joe Hart: “Você ganha o título, então pensa que é suficiente jogar 50% e vencer. Nós chegamos ao topo, o problema é permanecer por um longo tempo”.

Por fim, Mancini colocou em xeque os rumores de que seria demitido pelo City: “Eu não entendo isso. Sério, qual a razão? Desde que começamos a vencer, em maio de 2011, o Man City é o melhor time da Inglaterra, não é? Nenhum outro time ganhou tantos troféus quanto nós. Agora estamos na segunda posição na EPL e seguimos na FA Cup. Eu poderia não continuar em um time que não fizesse um bom trabalho, mas faço um bom trabalho aqui”.

O Manchester City ocupa a segunda colocação na Premier League, 12 pontos atrás do Manchester United. Além disso, a equipe enfrentará o Barnsley nas quartas de final da Copa da Inglaterra. Neste domingo, os Citizens recebem o Chelsea no Etihad Stadium pela liga.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo