InglaterraPremier League

Liverpool dominou Fulham, mas tomou um leve susto antes de encaminhar vitória

Firme na disputa pela liderança do Campeonato Inglês, o Liverpool esperava dominar a partida contra o Fulham, pela 12ª rodada da Premier League. Até conseguiu. No entanto, os Reds precisaram de um leve susto antes de confirmarem a superioridade, vencerem por 2 a 0 e chegarem aos 30 pontos, mantendo a posição boa na temporada.

Até demorou, a bem da verdade, para o Liverpool marcar, tantas foram as chances criadas. No primeiro tempo, logo aos cinco minutos, após lançamento para a área, Roberto Firmino tentou dominar, mas só Sadio Mané conseguiu finalizar, cruzado, para fora. Trent Alexander-Arnold apareceu no minuto seguinte, com um cruzamento que passou pela área sem ninguém completar.

Aos 13 minutos, Xherdan Shaqiri arriscou da entrada da área – saiu, e o juiz marcou tiro de meta, mas o goleiro Sergio Rico chegou a desviar quase imperceptivelmente na bola. Sergio Rico reapareceu decisivamente aos 16 minutos, evitando o gol de Mohamed Salah, que surgiu livre na área após troca de passes com Roberto Firmino. Aos 21, o arqueiro espanhol apareceu de novo, espalmando para fora a finalização de Salah.

Seguia o domínio claro dos Reds em Anfield, mas um susto quase colocou o Fulham na frente. Aos 24 minutos, após Joe Gomez falhar num desarme, Aleksandar Mitrovic escorou para Ryan Sessegnon, que dominou a bola e chegou à área, arrematando cruzado, rente à trave esquerda de Alisson. Os Cottagers assustaram de novo aos 29 minutos, quando Andre Schürrle bateu, Alisson deixou a bola escapar, e Virgil van Dijk conseguiu afastar na pequena área.

Até que, no fim da etapa inicial, em um minuto, o Liverpool foi do inferno ao céu. Aos 41 minutos, o susto: Mitrovic chegou a marcar um gol, mas este foi anulado, por impedimento do atacante sérvio. Alisson repôs rapidamente a bola, encontrando Alexander-Arnold livre na direita. O lateral lançou Salah, que superou a defesa do Fulham, veio com a bola e tocou na saída de Rico, para o 1 a 0.

No segundo tempo, o Liverpool voltou a atacar aos oito minutos, num chute de Mané, espalmado por Sergio Rico. Segundos depois, o 2 a 0 veio em grande estilo. Após cruzamento, Shaqiri pegou a bola na segunda trave e finalizou de primeira, cruzado, no contrapé de Rico, para ampliar a vantagem. E aí, os Reds puderam manter o resultado. Ao contrário do primeiro tempo, a vitória já não correria mais riscos.

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo